Controlar as expectativas garante um relacionamento melhor

Expectativas diferentes do casal é uma das principais causas de desentendimentos no relacionamento amoroso. É preciso pensar em conjunto!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/11/2016 às 10:25
Atualizado às 14:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

As diferenças entre homens e mulheres sobre o sexo também podem ser vistas quando o assunto é classificação da vida sexual. E isso se deve a diferentes expectativas do casal. Para as mulheres, somente com as demais questões da vida resolvidas que a vida sexual tem qualidade. Já para os homens se dá o inverso: ter a vida sexual bem resolvida facilita resolver outras questões.

expectativas

Foto: iStock.com/Getty Images

Alinhando as expectativas

Tal discrepância pode acabar gerando expectativas diferentes entre os indivíduos, principalmente se formam um casal. “Normalmente, é difícil o encontro dos casais em prol da atividade sexual, pois cada qual tende a sobrevalorizar a própria forma de encontro do sexo, esperando que o outro venha ao encontro”, destaca Oswaldo M. Rodrigues Jr., psicoterapeuta de casais e sexual. De acordo com o especialista, esse cenário somente será superado quando o casal começar a pensar em conjunto, e não somente individualmente.

Relacionamento a dois

Ou seja, no sexo, não há espaço para egoísmo. “O casal precisa criar uma intimidade, quando possa conversar sobre tudo. Cada casal tem um ritmo. Por mais que tenham dados de pesquisas, cada pessoa precisa conhecer e respeitar os desejos um do outro. O sexo não tem regras; tem princípios, que são de cada casal”, complementa a sensual coach Fátima Moura.

LEIA TAMBÉM

Consultoria: Fátima Moura, sensual coach; Oswaldo M. Rodrigues Jr., psicoterapeuta de casais e sexual do Instituto Paulista de Sexualidade – Clínica de psicologia em sexualidade.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.