ESTILO DE VIDA

Exercícios aquáticos queimam mais calorias!

Conheça os melhores exercícios aquáticos para queimar calorias, ganhar condicionamento físico e ficar com a barriga, os braços e as pernas durinhos!

None
Foto: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/07/2016 às 15:34
Atualizado às 12:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Embora na água os movimentos pareçam mais leves, a resistência nela exige do corpo oito vezes mais esforço. Além disso, os músculos se comportam de maneira diferente durante os exercícios aquáticos. De acordo com um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), eles se tonificam ao invés de hipertrofiarem, evitando aquela aparência de músculos inchados. O resultado é um melhor rendimento e maior gasto calórico. Sem falar que, dentro da piscina, braços, pernas, cabeça, tronco e quadril têm que trabalhar simultaneamente, desenvolvendo a coordenação motora.

pesos de natação

Foto: Shutterstock Images

E os benefícios não param por aí: os exercícios aquáticos exigem um trabalho respiratório coordenado entre pulmões e coração, beneficiando o sistema circulatório e, por sua vez, agindo como calmantes naturais! De acordo com o Grupo de Pesquisas em Atividades Aquáticas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, só o fato de estar com o corpo submerso causa uma pressão nos vasos e músculos, facilitando o retorno do sangue ao coração e diminuindo a pressão arterial e a frequência cardíaca. Isso torna os exercícios mais relaxantes do que se realizados fora dela. Gostou da ideia? Então confira as opções para fugir do sedentarismo, ganhar saúde e, de quebra, enxugar as gordurinhas!

 Water Pilates

É realizada dentro d’água com o auxílio de molas e reproduz a essência do pilates original, mas com algumas particularidades. Apesar dos movimentos serem adaptações do método tradicional, eles exigem mais do corpo e apresentam resultados diferentes quanto ao equilíbrio, à força e resistência mental e física.

SAIBA MAIS

Barriga chapada com 7 mudanças no dia a dia!

Caminhada: modalidade que seca os quilinhos extras!

Conheça os famosos adeptos da yoga!

Powerpool

Também chamada de hidropower, a modalidade é parecida com a hidroginástica, porém envolve coreografias de diferentes intensidades e acessórios variados, como bolas e pesos. Ela trabalha a resistência muscular e também ajuda na queima de calorias, por isso, pode ser praticada de 3 a 5 vezes por semana!

mulheres fazendo exercício aquático

Foto: Shutterstock Images

Acquafit

Nesse exercício, a esteira aquática é utilizada para corridas, garantindo uma maior queima calórica e menor impacto sobre joelhos, tornozelos e musculatura. Assim como as esteiras normais, os aparelhos têm vários níveis de inclinação e dificuldade e, como a água fica até na cintura, a modalidade proporciona resistência à execução do movimento. Segundo estudos da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), pessoas que correram uma hora debaixo d’água chegaram a queimar 140% mais calorias do que na esteira terrestre, com impacto até 45% menor, diminuindo o risco de lesões.

Acqua Jump

Também chamado de hidro jump, o treino – feito com minitrampolins presos ao fundo da piscina – garante uma queima calórica 20% maior em relação às aulas de jumpfit tradicionais. O exercício trabalha glúteos, coxas e panturrilhas e ainda contribui para o sistema cardiorrespiratório. Algumas academias complementam os movimentos com pesos, para trabalhar também os membros superiores.

mulher fazendo aqua spin

Foto: Shutterstock Images

Aqua Spin

Com o uso de bicicletas ergométricas, a modalidade imita o spinning, porém dentro d’água. Além de serem utilizados aparelhos cujos pedais simulam pás no formato de concha, o nível de água fica entre a cintura e a linha peitoral, para que haja um maior aproveitamento do treino. De todos os exercícios aquáticos, é o que exige maior esforço, pois trabalha com frequência cardíaca alta. Apesar disso, o gasto calórico é menor que o proporcionado pelo spinning nomal.

Texto: Larissa Faria | Consultoria: Thiago Martinez, educador físico, de São Paulo (SP)