6 exercícios físicos que promovem o bem-estar e equilibram o organismo

Caminhada, bicicleta, ioga, pilates, musculação ou dança. Escolha um exercício físico com a sua cara e comece a praticar agora

None
Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/12/2016 às 13:34
Atualizado às 12:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Fazer o corpo trabalhar é imprescindível para uma vida sadia. Caminhada, pilates, ioga, dança, corrida, musculação… Todas as modalidades de exercício físico são ótimas aliadas para combater problemas de saúde. Quem mantém uma rotina diária de atividade física tem uma melhor qualidade de vida.

Além disso, exercícios são fundamentais para baixar a taxa de colesterol, controlar o diabetes e a hipertensão, ativar a memória e melhorar os sintomas da depressão. Não espere ter alguma doença para começar a movimentar-se! Aproveite as dicas e vença a preguiça, já!

mulher correndo na esteira

Foto: iStock

Santo remédio!

O espelho e a perda de peso são medidores eficientes para provar o resultado da prática de exercícios físicos, que vai além do efeito visual. “A atividade física foi comprovada como uma fonte de liberação de endorfina pelo organismo. A endorfina é um hormônio que, quando está em alta concentração na corrente sanguínea, ativa partes do cérebro que fazem com que a gente interprete os fatos com satisfação e felicidade”, explica o especialista em medicina esportiva Cássio Trevizani.

Alguns alimentos  e outras atividades também favorecem a produção da substância. “Por exemplo, se temos um hobby, como ler livros, durante essa atividade o corpo libera endorfina”, acrescenta Cássio. Assim, quanto mais prazeroso for o exercício escolhido, mais endorfina é produzida e maior é a sensação de bem-estar.

Escolha a sua

O recomendado é não desistir na primeira tentativa: experimentou a corrida e não gostou? Matricule-se em uma aula de dança ou natação. É importante tentar diferentes esportes até encontrar um exercício físico que agrade. “Em geral, em atividades aeróbicas a produção de endorfina tende a ser maior, mas varia de pessoa para pessoa. Se for alguém que detesta caminhada, mas adora ioga, os benefícios serão maiores praticando ioga”, informa o especialista.

1 Caminhada: é uma ótima ideia para quem está começando a se exercitar, pois pode ser feita em qualquer lugar público, sem custo algum, além de ser leve. Para quem já está adaptado à caminhada, a corrida oferece os mesmos benefícios, com uma queima calórica maior, mas com alguns impactos musculares e de articulação.

2 Bicicleta: é um exercício aeróbico, como a caminhada, e tem a vantagem de ser mais dinâmico e possibilitar ao atleta vislumbrar várias paisagens e lugares diferentes, o que proporciona muito bem-estar.

3 Ioga e pilates: os movimentos de alongamento e força trazem uma sensação de relaxamento. Além de tonificar os músculos, contribui para a consciência corporal e equilíbrio.

4 Esportes: tanto os individuais quanto os coletivos são incentivadores para manter uma rotina de exercício. Futebol, vôlei, tênis, natação e lutas promovem bem-estar e trabalham com a parte aeróbica e anaeróbica.

5 Musculação: mais que manter um corpo bonito, os exercícios de força previnem contra doenças típicas do envelhecimento, como a osteoporose, além de oferecerem bem-estar.

6 Dança: a música aliada a movimentos é um ótimo exercício para afastar a tristeza. Experimente!

Check-up

Para iniciar qualquer exercício físico  é importante consultar um ortopedista e um cardiologista. Para quem quer usar o esporte como tratamento para a depressão é necessário também conversar com o psicólogo ou psiquiatra.

LEIA MAIS: