Estresse em excesso pode favorecer o ganho de peso, diz pesquisa

Um estudo concluiu que o estresse pode colaborar para o aumento do peso corporal. Mantê-lo longe da rotina é essencial para a qualidade de vida!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/11/2016 às 13:35
Atualizado às 12:39

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Cuidar da saúde mente é um item que deve ser incluído na lista de afazeres de quem quer emagrecer, pois o estresse causa alterações que podem colaborar para o aumento do peso corporal. “Ele causa o aumento do hormônio grelina, que é responsável pelo apetite. Geralmente, pessoas estressadas têm mais fome. O problema é que para satisfazer essa vontade de comer, no momento de estresse, elas acabam consumindo de forma exagerada alimentos ricos em gordura”, explica o nutrólogo André Veinert. Além disso, o problema também eleva a liberação do hormônio cortisol, que contribui para o surgimento de estoques de gordura na região abdominal.

pesquisa-estresse-engorda-saude-mente

FOTO: Shutterstock

Afaste o estresse!

Encontre uma atividade que lhe dê prazer e invista sem medo. Vale ler um livro, assistir a um seriado, praticar um exercício físico ou outra atividade que distraia sua mente! Mas os alimentos também podem ajudar nessa tarefa: veja opções que auxiliam na obtenção de calma e tranquilidade!

Pimenta: as vermelhas são ricas em capsaicina, antioxidante responsável pelo sabor picante do alimento.

Grão-de-bico: a estrela da vez é o triptofano, presente em ótima quantidade no grão-de-bico. É um aminoácido precursor da serotonina, neurotransmissor importante para a sensação de prazer e confiança.

*Maracujá: as propriedades calmantes se concentram nas folhas. Por isso, um chá de folhas de maracujá é bem mais eficiente para combater o nervosismo do que um suco feito com a polpa.

LEIA TAMBÉM