Estopinha e Barthô ensinam você a cuidar melhor dos seus pets!

Estopinha e Barthô, as estrelas do mundo pet, ensinam você a cuidar da forma correta dos seus animaizinhos de estimação!!!

None
Estopinha e Barthô são os filhos de quatro patas de Dr. Pet

por Redação Alto Astral
Publicado em 27/06/2017 às 09:23
Atualizado às 13:40

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Estopinha e Barthô são os filhos de quatro patas de Alexandre Rossi, o Dr. Pet, e sempre arrancam suspiros dos internautas com suas fofuras! Confira a entrevista!

Barthô, qual é a importância dos lares temporários para animais?

“Tia, é muito, muito, muito importante! Não só porque pode acontecer o que aconteceu comigo, tipo a família acabar amando muito o bichinho e adotar ele (risos). Mas porque é muito melhor para o cãozinho, gatinho ou qualquer bichinho ficar em uma casinha com uma família, mesmo que por pouco tempo, do que ir para um abrigo onde ele fica mais sozinho e pode até ficar dodói, né? Então, os tios que aceitam lares temporários são os melhores do mundão, porque ajudam muitão os bichinhos que precisam de um tempinho pra arranjar uma família!”

Estopinha e Barthô, como as pessoas podem ajudar os abrigos e ONGs?

“Ah, tia, depende muitico do que cada abrigo ou ONG precisa, né? Tem vários jeiticos: você pode ser voluntário, doar ração ou cobertorezinhos, pode se oferecer para passear com alguns cãezinhos do abrigo ou até ser lar temporário. Mas sabe qual a melhoooooor coisa que você pode fazer? Adotar um amigo! Assim, todo mundo sai feliz: o tio do abrigo porque ajudou um bichinho, você porque vai ter muuuito mais amor e ele porque achou uma família novica
para amar! E aí, que tal?”

Estopinha

Famosa na internet, Estopinha tem até Instagram | Foto: Reprodução

Qual a importância da adoção em vez da compra de animais, Topa?

“Todo cãozinho merece ter muito amor e carinho de uma família. Mas tem tanto, tanto, taaaanto bichinho nos abrigos
querendo alguém para amar, que se a gente pode ajudar, porque comprar né? Você pode trocar todo o dinheiro que ia usar para comprar um amigo por muito amor pra dar para um que não custa nadiiiiica, mas que vai te fazer muuuuito feliz!”.

Estopinha e Barthô, como está sendo a convivência com a nova irmã felina, a Mia?

“Olha, tia tudo tem que ser feito do jeito certico, né? O papis tá treinando todo mundo como se comportar perto do outro pra que a gente não se estranhe (risos).”

Barthô

Barthô chegou para alegrar a vida da irmã, Estopinha | FOTO: Reprodução

Quais as dicas para os tutores que desejam ter cães e gatos juntos?

“O importante é sempre conhecer bem seus bichinhos, né, tia? E fazer as coisas bem devagarinho. O papis sabe explicar bem melhor do que eu, mas o que eu sei é: vai apresentando todo mundo devagarinho. Pra isso, é sempre legal ter um lugarzinho pra deixar cada um separado (se precisar, né?). Não pode deixar ninguém sem ter atenção, viu? Porque os bichinhos têm que perceber que ter o outro por perto é algo legal, e não algo que deixa ele sozinho.
E por aí vai, sabe? Mas sempre dá tudo certo!”

Vocês ficam chateados com os papis quando levam broncas?

“A gente não leva bronca dos papis. A mamis, por exemplo, faz tudo errado e me dá bronca com beijo no narigo ou chamando o Barthô pelo nome inteiro dele, Bartholomeu Temporário Rossi (risos). O papis só corrige a gente
quando fazemos alguma coisinha errada, e aí não é bronca, né?”

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.