ESTILO DE VIDA

Esportes que ajudam na saúde da mente e do corpo

Ciclismo e natação são esportes que oferecem muito benefícios para o corpo, ajudam a emagrecer e ainda contribuem para a saúde da mente!

None
Foto: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/12/2016 às 11:38
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Para aquelas pessoas que não gostam de academia e buscam maneiras alternativas de se exercitarem, os esportes são uma ótima opção. Além de fazer muito bem para o corpo, também ajuda com a saúde da mente! Confira os benefícios da natação e do ciclismo!

Natação

É considerado um esporte completo, por exercitar todos os grupos musculares do corpo. “É a atividade mais recomendada pelos médicos, como um tratamento fundamental para doenças como obesidade, hipertensão arterial e diabetes. Além disso, é indicada em casos de males respiratórios, caso de asma, bronquite, entre outras”, esclarece Taís Luz Bronzoni, educadora física.

Por ser um esporte praticado na água, a natação tem baixo impacto nas articulações; por isso é altamente indicada para pessoas acima do peso. Também apresenta ação recuperativa, ajudando a aliviar dores musculares, relaxar e enfrentar o estresse.

piscina natacao esportes saúde da mente

Foto: Reprodução/Pixabay

Benefícios até debaixo d’água
Mais do que um corpo bem definido, nadar traz muitos benefícios para a saúde da mente. Ao mesmo tempo em que tonifica e desenvolve a massa muscular, alongando os músculos e melhorando a flexibilidade, a modalidade aprimora a capacidade de raciocínio e diminui os sintomas de doenças cerebrais como o Alzheimer. A natação ainda pode ser considerada uma aliada no tratamento para hipertensos e diabéticos, por conseguir diminuir a pressão arterial e a glicemia (nível de açúcar no sangue).

Para completar, a prática auxilia o tratamento de doenças respiratórias por fortalecer os músculos do tronco.

Ciclismo

Essa é uma boa escolha para quem quer sair do sedentarismo. Pedalar fortalece o coração, melhora o humor e não tem impacto nas articulações dos músculos inferiores. Os principais músculos utilizados na bicicleta são os glúteos, quadríceps, isquiotibiais e os das panturrilhas. Além disso, a musculatura dos ombros, braços e antebraço também é estimulada.

cycling ciclismo bicicleta saúde da mente

Foto: Reprodução/Pixabay

Vale a pena
Por trabalhar diversos grupos musculares, a atividade melhora a eficiência do metabolismo, tendo como consequência o emagrecimento. “O ciclismo diminui a gordura corporal, assim como promove o aumento de massa, a potência muscular e muitos outros benefícios que, juntos, aceleram o processo de emagrecimento”, afirma André Braga, educador físico.

Além disso, pedalar libera hormônios conhecidos por causar sensação de bem-estar, melhorar o sono, aliviar tensões e até combater a depressão.

LEIA TAMBÉM

Texto: Júlia Prado | Edição: Érika Alfaro | Consultorias: Taís Luz Bronzoni e André Braga, educadores físicos