O que especialistas dizem sobre as simpatias para tratar crianças

Algumas lendas do tratamento caseiro seguem desmitificadas e podem prejudicar a recuperação dos pequenos. Confira os problemas em torno de cada simpatia!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/07/2016 às 20:08
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

BRONQUITE

Simpatia:oferecer à criança, ainda em jejum, 1 copo (200ml) de leite de vaca que tenha dado cria recentemente.

Palavra da especialista: a inflamação dos brônquios pode ocorrer devido a agentes bastante diferentes, como infecção viral, bacteriana ou alérgica. Além de não combater a bronquite, o leite de vaca pode provocar contaminação e alergia alimentar, não devendo ser oferecido para crianças com menos de um ano de vida.

TOSSE

Simpatia: pela manhã, liquidifique 1 ovo, canela em pó, açúcar e 1 colher (sopa) de manteiga. À parte, ferva 1 copo (200ml) de leite, deixe esfriar e adicione à primeira mistura. Dê para a criança logo quando ela acordar.

Palavra da especialista: há muitas variações para receitas de tosse, porém, praticamente todas envolvem algum líquido viscoso e aquecido. “Isso porque a bebida reveste temporariamente a parede da orofaringe, um dos locais que desencadeia a tosse”, explica a pediatra Eliana Kuchpil Branco. Essa receita pode ser perigosapara crianças menores de um ano porque envolve leite de vaca e ovo, alimentos campeões em alergia alimentar. Evite!

CÓLICA DO BEBÊ

Simpatia:durante os 3 primeiros meses de vida do bebê, as roupas não devem ser passadas a ferro. Deixe-as secarem ao sol e vista-as sem passar.

Palavra da especialista: “não há nenhuma ligação entre a simpatia e as cólicas do bebê, que é algo comum quando não acompanhada de vômito e refluxo”, orienta Eliana. “Invista nas compressas de água morna, que proporcionam alívio”, afirma. Para completar, as roupinhas dos pequenos devem ser lavadas e secas adequadamente para evitar dermatites no pequeno.

o que é verdade e não é sobre os tratamentos caseiros em crianças

Foto: Vinicius Tupinamba / Shutterstock.com

DENTINHOS

Simpatia:alivie o incômodo passando pedacinhos de laranja-lima descascada e picada na gengiva do bebê. Faça isso 3 vezes ao dia, até que os dentinhos cresçam.

Palavra da especialista:não há evidência de que a laranja tenha efeito analgésico ou anti-inflamatório. Apesar da laranja-lima não ser muito ácida, não passe o alimento na gengiva do bebê para evitar a proliferação de bactérias ou cáries.

VERMES

Simpatia:passe manteiga de cacau no ânus da criança de até sete anos, sem que ela veja.

Palavra da especialista:não há nada que comprove que a manteiga de cacau aplicada dessa forma combata verminoses, uma vez que muitos se instalam em outras áreas do intestino ou no fígado. “Aqui também parece haver alguma confusão, uma vez que um remédio tradicional para parasitas intestinais é o licor de cacau”, explica a especialista. “Esse remédio deve ser utilizado por via oral, mas não é tão eficiente como os vermífugos vendidos nas farmácias”, completa.

CAXUMBA

Simpatia: enrolar no pescoço um lenço com álcool.

Palavra da especialista: a caxumba é uma inflamação na glândula salivar provocada por vírus. Quando evapora, o calor do álcool pode aliviar os sintomas da inflamação, mas não tratar. Mesmo assim, o procedimento não é indicado. “O álcool evaporado, ao ser inalado, pode provocar irritação das vias aéreas”, adverte Eliana. Para não precisar recorrer a tratamentos caseiros, fique atenta ao calendário de vacinação e aplique na criança a vacina tríplice viral.

cuidados nos cuidados com as crianças

Foto: Shutterstock Images

ICTERÍCIA

Simpatia: dar banho no bebê com chá de picão durante sete dias.

Palavra da especialista:não há evidências científicas de que o chá de picão ou pico-pico faça nem bem nem mal para o bebê. Sendo assim, convença quem quer que apareça com a sugestão a abandonar a ideia. “Procure um pediatra. Se o recém-nascido apresenta icterícia, pode ser necessário dosar no sangue a concentração da bilirrubina (substância responsável pela icterícia) e iniciar tratamento apropriado com fototerapia”, diz Eliana.

SOLUÇO

Simpatia:cole um pedacinho de papel com saliva na testa do bebê.

Palavra da especialista: o soluço é uma contração espasmódica do músculo diafragma, responsável por parte da respiração. Uma das possíveis explicações para essa simpatia é que o bebê pode se distrair com o papel colado na sua testa, desviando sua atenção do soluço.

INSÔNIA

Simpatia: para o bebê dormir à noite, a mãe deve colocá-lo no berço na posição invertida.

Palavra do especialista:“é possível que o sucesso da simpatia seja a presença dos pais, que proporcionam segurança para o pequeno conseguir dormir. Sendo assim, vale a pena ficar um pouco mais com ele, acalmando-o até que ele pegue no sono”, diz Walter Migliorini, psicanalista de crianças da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

o que especialistas dizem sobre as simpatias usadas para tratar as

Foto: iStock.com/Getty Images

ACALMAR O BEBÊ

Simpatia:dê ao bebê uma ou meia chuquinha com chá de folhas de maracujá.

Palavra da especialista:além de não ser  indicado oferecer chás para o bebê até determinada idade, esse tranquilizante pode mascarar algum quadro clínico mais sério. Sendo assim, prefira investigar as causas da sua irritação e não o medique sem indicação médica.

Saiba mais:

Como melhorar a alimentação de adolescentes, você sabe?

Alimentos saudáveis para as crianças de férias

Amamentação evita alergias no bebê? Descubra!

Consultoria Eliana Kuchpil Branco, pediatra de Curitiba (PR), e Walter José Martins Migliorini, psicanalista de crianças da Universidade Estadual Paulista (Unesp)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.