Energia para o treino? Coma tapioca!

Para melhorar seu desempenho durante os treinos, invista na tapioca! Por conta do carboidrato de alto índice glicêmico, ela fornece energia rapidamente.

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/08/2016 às 18:36
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A goma da tapioca é feita a partir da fécula da mandioca e tem poucas calorias. É isenta de glúten, conservantes, gorduras trans e hidrogenadas e contém pouco sódio. Em compensação, é fonte de carboidratos: aproximadamente 16g em duas colheres (sopa) do alimento.

Carboidratos de alto índice glicêmico são, muitas vezes, vistos como vilões, porém a história muda quando combinados com os treinos, uma vez que são responsáveis por fornecer energia. Portanto, dessa forma, os presentes na tapioca são os mocinhos!

Para ganho de força e definição muscular, o consumo de energia antes e depois do treino é muito importante. E, neste caso, ingerir carboidrato de alto índice glicêmico é o ideal”, explica a nutricionista Camila Buitoni.

Tênis azuis e halteres amarelo

Foto Shutterstock.com

Para quem tem treinos mais pesados, a falta de fibras pode ser um ponto negativo – mas que é facilmente revertido: “caso os exercícios sejam intensos, é interessante acrescentar à massa da tapioca uma fonte de fibras, como sementes de chia, linhaça ou aveia para prolongar o fornecimento de energia e diminuir o índice glicêmico”, indica a nutricionista Christiane Bergamasco. Por ajudar na recuperação de energia, pode ser utilizada também no pós-treino.

Recheios saudáveis

Na hora de rechear a tapioca, fuja de ingredientes gordurosos, que podem prejudicar o treino e a saúde. “Evite a adição de gorduras e açúcares (creme de leite, leite condensado, chocolate branco e ao leite), transformando-a em um alimento de alto índice glicêmico e hipercalórico”, adverte Christiane. A tapioca deve ser consumida em horário regular.

Tapioca com tomates-cerejas, queijo branco, verdura

Foto Shutterstock.com

De acordo com a profissional, o indicado é ingeri-la 30 minutos antes dos exercícios, sempre combinada com alguma proteína magra, como creme de ricota, queijo branco magro, atum ou ovo. “Acrescentar condimentos como orégano, cúrcuma e pimenta, confere à tapioca característica anti-inflamatória, importante para minimizar lesões musculares”, diz a nutricionista.

Saiba mais:

Treino funcional com 5 exercícios para perder barriga

Aprenda a fazer as tapiocas coloridas

Coração mais forte com 30 minutos de exercícios diários

Consultoria Camila Buitoni, nutricionista; Christiane Bergamasco, nutricionista; Patricia Davidson, nutricionista 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.