ESTILO DE VIDA

Saiba quais são os motivos de sucesso e de fracasso de uma empresa

De acordo com o livro A Arte da Guerra, do chinês Sun Tzu, quais são os motivos de sucesso e de fracasso das estratégias de uma empresa!

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/01/2017 às 09:29
Atualizado às 17:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O livro A Arte da Guerra foi escrito no século IV a.C. por Sun Tzu, um tradicional general estrategista militar chinês. Apesar de falar sobre estratégias de guerra, a obra se tornou referência no mundo empresarial pelas lições que podem, perfeitamente, ser aplicadas nesses meio. Confira a análise do autor sobre os motivos de sucesso e de fracasso das estratégias de uma empresa!

Motivos de sucesso

Para Sun Tzu, no seu ensinamento sobre estratégia de ataque, o futuro vencedor será aquele que:

1- Sabe quando lutar e quando não lutar
Ou seja, quando realmente estiver apto para encarar a concorrência ou não.

2- Sabe discernir quando utilizar muitas ou poucas tropas
É a capacidade do líder em saber se vai utilizar a quantidade de recursos necessária para o plano que deseja executar na empresa.

3- Sabe quem tem tropas superiores e inferiores com igual motivação
É nesse momento em que a análise da concorrência se faz necessária.

4- Sabe que se deve estar preparado para atacar o inimigo desprevenido
É aqui o momento de lançar aquela campanha inovadora.

5- Tem generais capazes que não sejam limitados por burocratas
A coragem do líder e a sua criatividade são fundamentais nesse ponto.

motivos de sucesso e de frasso certo e errado placas

Foto: Shutterstock.com

Motivos do fracasso

Na hora de atacar, cuidado! Fique atento para que seus planos não desandem quando quiser executar um projeto. Para Sun Tzu, três equívocos levam um diretor ao desastre:

1- Quando ordena que seu exército avance no momento de se retirar ou quando ordena que se retire no momento de avançar.
Isso é chamado de “amarrar o exército”.

2- Quando ignora assuntos militares, mas interfere neles, perturbando seu desenrolar.

3- Quando se intromete na cadeia de comando, ignorando seus problemas e instaurando a incerteza entre os oficiais.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Alto Astral  | Edição: Érika Alfaro