Como agir quando seu pet passar mal ou sofrer um atropelamento?

Quedas, atropelamentos e intoxicação alimentar: descubra o que você pode fazer para amenizar os sintomas do seu animal antes de levá-lo ao veterinário!

None
É preciso ter muito cuidado para os animais não ingerirem alimentos que possam causar intoxicação (FOTO: Glow Images/Latinstock)

por Redação Alto Astral
Publicado em 05/05/2017 às 15:47
Atualizado às 13:37

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nossos animais são verdadeiros aliados para toda hora. Temos tanto carinho que nos preocupamos quando eles estão meio “pra baixo”, sonolentos ou ficam doentinhos. No entanto, para ajudar em casos de emergência, inclusive em acidentes dentro ou fora de casa, damos algumas dicas para você identificar o problema e não agir errado antes de procurar o veterinário.

Emergência gastrointestinal

Os problemas gastrointestinais ocorrem devido à ingestão de objetos estranhos, substâncias tóxicas e intoxicação alimentar. Os principais sintomas são vômito, diarreia (com ou sem sangue), convulsões e tremedeira.

Você pode ajudar tentando descobrir o que o seu pet ingeriu e em qual dose. Dê uma olhada pelo quintal da casa ou na varanda do apartamento. Se ele também convive dentro de casa, na cozinha, veja se não comeu algum alimento que não é indicado. Em seguida, entre em contato com o veterinário e fale sobre o que descobriu. Mas atenção: não induza o vômito, pois isso pode piorar ainda mais a situação.

Em caso de acidente

Seja uma briga, um atropelamento ou quedas súbitas, a solução é levar o animal imediatamente para o veterinário cuidando para que, durante o trajeto até a clínica ou hospital, os ferimentos não se agravem. Antes de sair de casa, verifique se há algum sangramento e, em caso afirmativo, tente reduzi-lo colando um pano sobre a ferida, se ela não for exposta demais ou nem devida à queimaduras. Aliás, a dica de veterinários é não tentar deslocar ou puxar membros que tenham sido aparentemente fraturados no acidente.

LEIA TAMBÉM

Consultoria: Carla Alice Berl, diretora do Hospital Veterinário Pet Care, de São Paulo (SP).

Texto: Redação Edição: Érica Aguiar

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.