Especialista esclarece principais dúvidas sobre clareamento dental

Pensa em deixar seus dentes mais brancos? Então, confira as respostas de um especialista e tire dúvidas sobre clareamento dental!

None
Foto: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/03/2017 às 13:09
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Sabemos que ter os dentes brancos não é só uma questão de estética. Mesmo porque, muitas vezes, as pessoas com dentes escurecidos ficam com vergonha de sorrir, se acham envelhecidas e evitam até falar e conviver com outras pessoas. Por isso, a procura por tratamentos de clareamento, seja em casa ou no consultório, vem crescendo tanto nos últimos anos. Pedimos ao cirurgião-dentista Daniel Sene, da Clean Odontologia, para esclarecer as principais dúvidas sobre clareamento dental e o que envolve essa técnica.

dúvidas sobre clareamento dental

Foto: Shutterstock Images

1- Qualquer pessoa pode submeter-se ao tratamento?

VERDADE. O clareamento é indicado para quaisquer pessoas que queiram clarear os dentes, mas é contraindicado para as gestantes.

2- O clareamento estraga o esmalte dos dentes?

MENTIRA. Os produtos usados, independente da técnica, não causam nenhum dano a estrutura dos dentes mesmo porque eles apenas removem o pigmento corante que está nos dentes.

3- Escovar os dentes com bicarbonato de sódio ajuda a clarear os dentes?

EM PARTES. O bicarbonato pode até clarear, pois faz uma espécie de limpeza nos dentes. Mas não é indicado porque tem o efeito semelhante ao de uma lixa e, quando usado com frequência pode riscar o esmalte, retrair a gengiva e causar sensibilidade dentária.

4- O método mais eficaz é o clareamento a laser?

MENTIRA. O clareamento a laser, ao contrário do caseiro, tende a clarear os dentes mais rapidamente, mas possui menor poder de penetração, ou seja, logo os dentes voltam à cor original.

5- O melhor é aliar o clareamento caseiro com o a laser?

VERDADE. Um tratamento praticamente complementa o outro mesmo porque o laser age nas manchas mais superficiais, enquanto o caseiro age mais internamente. E ainda, o caseiro é uma maneira de prolongar o resultado obtido com o laser.

6- O clareamento deixa os dentes mais sensíveis?

MENTIRA. Claro que isto varia para cada pessoa, mas normalmente não acontece. Mesmo porque, atualmente, existem produtos e técnicas que amenizam muito este tipo de problema. Mas, se o paciente tem retração gengival pode haver sim sensibilidade durante o processo.

7- O clareamento altera as restaurações já existentes?

MENTIRA.  Como a cor das restaurações não sofre a ação dos clareadores, podem ficar mais escuras do que os dentes clareados, causando desarmonia estética.  Nesse caso, o paciente precisa saber que talvez tenha de trocar ou retocar as restaurações antigas.

8- O dente clareado pode escurecer novamente?

VERDADE. Em contato com alimentos pigmentantes eles podem, sim, escurecer, mas nunca como eram antes. Justamente por isso, recomendamos, após um a dois anos, uma manutenção.

9- O resultado ficará artificial?

MENTIRA. O dente deixa de ficar natural quando é revestido por materiais que não copiam exatamente as diferentes cores de cada dente, o clareamento respeita o tom natural.

10- Após clareamento, vinho, café e outros alimentos corantes não devem ser consumidos?

MENTIRA. Durante o clareamento, deve-se, sim, evitar a ingestão de alguns alimentos e bebidas corantes, como beterraba, açaí, chocolate, chá, café e vinho tinto. Isto porque, os dentes estarão com seus “poros” abertos e por isso, podem manchar durante sua ingestão. Depois do processo concluído, não há o menor problema em voltar a ingerir estes alimentos e bebidas, mas lembre-se que a escovação correta é essencial para manter o resultado.

11- O clareamento não é indicado para fumantes?

MENTIRA.  O que pode acontecer é dos dentes amarelarem mais rapidamente.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.