ESTILO DE VIDA

Dormir após as refeições previne o risco de infarto

Dormir depois das refeições principais é uma maneira prática e bastante eficaz para prevenir o risco de doenças do coração.

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/08/2016 às 18:09
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você faz parte daquele grupo de pessoas que não resiste a um pequeno cochilo após o almoço? Então, saiba que esse hábito pode trazer benefícios à sua saúde, uma vez que cientistas gregos chegaram à conclusão de que dormir após as refeições reduz a pressão sanguínea e, com isso, ajuda a prevenir a ocorrência de infartos.

Dormir na rede também ajuda a relaxar e proteger a saúde

FOTO: Shutterstock Images

Após analisar 400 voluntários com idade média de 61 anos, os pesquisadores perceberam que a pressão arterial dos pacientes que faziam a sesta era 5% menor quando comparada àqueles que não descansavam após o almoço. Portanto, se você tiver um tempinho extra depois de comer, que tal tirar um cochilo e proteger a saúde?

SAIBA MAIS:

Dicas para ter uma boa noite de sono

Conheça as melhores posições para conseguir ter uma noite de sono de qualidade

Descubra os riscos de deitar com seus animais de estimação

A importância de dormir bem

Ficar muito tempo sem dormir não provoca apenas cansaço físico, mas também desgaste mental. “Sono insuficiente ou fragmentado resulta em sonolência diurna e alteração comportamental, além de prejuízo na atenção, memória e velocidade de raciocínio”, alerta a neurologista Silvana Frizzo.

Sabemos que as funções do sono são fundamentais para manter o bom funcionamento cerebral. Durante o sono, ocorrem processos como a consolidação da memória e aprendizado, a liberação de hormônios e o fortalecimento do sistema imunológico”, finaliza a especialista.

Texto: Larissa Tomazini e Marcelo Ricciardi/Colaborador

Consultoria: Silvana Frizzo, neurologista