Dor de ovulação: saiba sobre esse desconforto que atinge as mulheres

Conheça os principais sintomas da dor de ovulação, problema que atinge 1 em cada 5 mulheres e é causa de dores e cólicas fora do período menstrual!

None
A dor de ovulação pode ter seus sintomas confundidos com doenças mais graves. Procurar um médico é a melhor opção para identificar qual é o problema. FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/07/2017 às 09:00
Atualizado às 09:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Uma das queixas mais comuns nos consultórios ginecológicos são de mulheres que relatam fortes dores abdominais, mesmo fora do período de menstruação. Além disso, é comum que elas se queixem sobre a regularidade em que essas dores aparecem, sempre no mesmo período do mês. Segundo o ginecologista e obstetra Élvio Floresti Junior, a dor abdominal inferior acontece no período em que a mulher está ovulando. “Chamamos de dor de ovulação ou Mittelschmerz e também é conhecida como ´dor do meio´. Esse sintoma acomete 1 em cada 5 mulheres e acontece geralmente na metade do ciclo menstrual”, explica o especialista. Saiba mais sobre a dor de ovulação e quais são as principais características do problema!

Quando ela aparece

dor pode aparecer antes, durante e até após a ovulação e nem sempre do mesmo lado do abdômen. Esse mal está relacionado à liberação do líquido do óvulo maduro. “Quando o ovário faz a liberação de um óvulo acontece a ruptura do folículo para a saída deste ovo. É nesse caminho de saída do óvulo, até passar pelas trompas e chegar no útero que a dor pode existir”, esclarece Élvio.

Principais sintomas da dor de ovulação

“É possível identificar o problema quando aparecem tanto dores intensas, como cólicas no baixo ventre além de sensação de peso na região e as vezes secreção clara. Estes sinais podem durar até 3 dias. Mas é preciso que a mulher fique atenta se a dor que está sentindo de fato é do período de ovulação”, alerta o médico. Para identificar se a dor realmente está sendo causada pela ovulação é indicado que a mulher consulte a data da última menstruação e quando foi o início deste desconforto. Se as dores apareceram entre 10 e 14 dias depois do primeiro dia do ciclo menstrual significa que está no período de ovular.

Combatendo as dores

Na hora de reduzir as dores, o ginecologista dá dicas do que pode ser feito: “O uso de analgésicos, bolsa de água quente aliviam o problema. Porém, é sempre importante a mulher procurar um especialista para investigar se o caso é apenas dor de ovulação. Outras doenças como endometriose, cistos de ovário, gravidez ectópica, entre outros apresentam os mesmos sintomas”. Portanto, é importante não prorrogar a ida ao médico e averiguar qual é a origem da dor.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Élvio Floresti Junior, ginecologista e obstetra

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.