ESTILO DE VIDA

Doenças de verão são comuns na estação mais quente do ano

Infectologistas dão dicas para evitar a contaminação durante o verão e alertam sobre a importância de tomar cuidado com a alimentação e a hidratação

None
Cuidado com a alimentação e hidratação são importantes para evitar doenças. Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/01/2017 às 08:41
Atualizado às 17:32

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O verão começa e nas ruas começamos a ver pessoas andando com roupas mais leves e finalmente deixando os casacos dentro do armário. A época mais esperada do ano, que engloba as férias, o Natal e o Ano Novo, traz com ela muito sol e o calor em excesso. E é exatamente nessas condições que algumas doenças de verão se proliferam, principalmente entre as crianças. Por isso, conversamos com os infectologistas Roberto Valente e Alberto Chebabo, que deram dicas importantes para evitar a contaminação. Confira!

Verão: doenças comuns da estação mais quente do ano

Foto: iStock

Verão: doenças mais comuns

Devido a elevação das temperaturas, algumas doenças tendem a se espalhar mais facilmente durante o Verão. Entre elas estão a insolação, as intoxicações alimentares, as doenças de pele (micoses), a conjuntivite bacteriana, a hepatite A e as doenças endêmicas, que podem variar de região para região. Segundo o Dr. Roberto, o motivo para esse aumento do número de casos é que o excesso de umidade e o calor geram um ambiente propício para a proliferação dos mosquitos, bactérias e fungos, que são responsáveis por algumas dessas doenças.  Dessa forma, as áreas de praia e piscina costumam ser as mais atingidas.

Como se prevenir

Durante essa época do ano, é de extrema importância que as pessoas tomem um maior cuidado com a alimentação e a hidratação do corpo. ” Para manter-se longe de insolações e intoxicações alimentares, beba bastante líquido, não ingira alimentos que tenham ficado expostos ao sol ou de procedência duvidosa, e redobre a atenção com a higienização das mãos antes das refeições”, alerta o Dr. Alberto. O uso do protetor solar também deve ser constante e o sol deve ser evitado das 10h às 16h.

Já para quem mora em regiões praianas ou pretende viajar, é essencial ficar atento aos locais de banho. “As praias e as piscinas devem ser analisadas e verificadas para saber se estão aptas a receber banhistas”, afirma o Dr. Roberto. Além disso, secar-se bem após os banhos e não compartilhar toalhas pode garantir que as micoses e a conjuntivite não cheguem até você e sua família.

A dengue também deve ser levada a sério, visto que todos os anos são registradas mortes causadas pela doença. Portanto, tampe as caixas d’água e faça inspeções regulares em sua casa para que não haja água parada. Vire garrafas e outros objetos que também possam acumular água e coloque areia nos pratos das plantas.

São pequenos gestos como esses que podem garantir que sua família aproveite 100% a estação mais aguardada do ano. Afinal, nada melhor do que sol, piscina e calor, né?

LEIA TAMBÉM: