Saiba quais doenças podem surgir a partir da ansiedade!

Você sabia que existem doenças que podem surgir a partir da ansiedade? Saiba como identificar a ansiedade e como se prevenir desses problemas!

None
A ansiedade por ser o estopim de outros problemas de saúde. Por isso, o acompanhamento médico é extremamente importante. FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/04/2017 às 13:35
Atualizado às 13:41

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A ansiedade é uma emoção natural, como o medo. Enquanto o medo é uma reação emocional frente a um perigo presente, real e identificável, a ansiedade é uma reação mais difusa em relação a um perigo futuro e imaginado. E esse quadro se torna perigoso quando a pessoa fica ansiosa com frequência e de maneira muito intensa, podendo ocasionar outros problemas, como a síndrome do pânico. A depressão também pode evoluir para outros distúrbios, comprometendo ainda mais a saúde do paciente. A seguir, conheça as principais doenças que podem surgir a partir da ansiedade ou da depressão.

Existem doenças que podem surgir a partir da ansiedade. Previna-se!

A ansiedade por ser o estopim de outros problemas de saúde. Por isso, o acompanhamento médico é extremamente importante. FOTO: Shutterstock.com

Síndrome do pânico

Nessa doença, a pessoa costuma ter dois tipos de reação de ansiedade: o ataque que ocorre nas crises de pânico e a ansiedade antecipatória, que ocorre entre as crises, quando a pessoa fica ansiosa com a expectativa de ter uma nova crise. A frequência dos ataques muda de pessoa para pessoa e sua duração é variável, geralmente ocorrendo por alguns minutos.

“No geral, as crises de pânico apresentam pelo menos quatro destes sintomas: taquicardia, falta de ar, dor ou desconforto no peito, formigamento, tontura, tremores, náusea ou desconforto abdominal, problemas na visão, boca seca, dificuldade de engolir, sudorese e ondas de calor ou de frio, além dos sintomas psicológicos de sensação de irrealidade, despersonalização e sensação de iminência da morte”, explica o psicólogo clínico Artur Scarpato.

Insônia

Quando uma pessoa apresenta dificuldades para começar ou manter o sono, pode ser diagnosticada com o quadro de insônia. Esse problema pode atrapalhar o dia a dia, uma vez que o cansaço dificulta a realização das tarefas planejadas, desde as mais simples até as mais complexas.

Também é possível encontrar pacientes com insônia que se queixam da qualidade de seu sono, ou seja, mesmo dormindo uma quantidade de horas considerada satisfatória, esses indivíduos têm a sensação de que o sono não foi reparador. Normalmente, as pessoas com insônia apresentam sintomas como cansaço, mal humor, sono constante e sensação de atordoamento. O problema é que muitos desses indivíduos, mesmo sonolentos, não conseguem dormir a ponto de descansar o corpo e a mente.

Transtornos alimentares

Quadros ansiosos e depressivos podem estar associados a alterações (tanto para mais quanto para menos) do apetite e ingestão alimentar. “Nesse contexto, podemos tanto observar associação deles com episódios de desejo por doces ou outros alimentos, quanto com redução apetite e consequente perda de peso”, conta a psiquiatra Ana Clara Floresi. Dessa forma, a busca por tratamento do transtorno de base, incluindo uma avaliação psiquiátrica, é a melhor forma de controlar sintomas alimentares relacionados a síndromes ansiosas ou depressivas.

Texto: Larissa Mortari

Consultoria: Ana Clara Floresi, psiquiatra; Artur Scarpato, psicólogo clínico

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.