ESTILO DE VIDA

Como doenças cardíacas e AVCs estão associados à obesidade

Saiba como a obesidade está relacionada com as doenças cardíacas e os acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e o quadro da doença no Brasil

None
Foto: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/12/2016 às 09:41
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A obesidade não se resume a pessoas com a autoestima abalada por conta da (má) forma física. Na verdade, trata-se de uma doença que mata de verdade e provoca uma clara reação em cadeia no organismo, com prejuízo dos mais diversos sistemas. Prova disso é sua associação com doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais (AVCs).

A obesidade é um mal característico das sociedades industrializadas e, como seus efeitos são sentidos somente a longo prazo, conscientizar alguém a respeito do tamanho desse problema é mais difícil. Basta observar os números no Brasil.

A pesquisa Vigitel 2014 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) contou com 41 mil entrevistas nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal. Os resultados mostraram que mais da metade dos brasileiros (52,5%) encontra-se hoje acima do peso ideal – destes, 17,9% se enquadram como clinicamente obesos.

coração batidas doenças cardíacas

Foto: Reprodução/Pixabay

Entenda como esses males estão associados aos quilos excedentes:

• Doenças cardíacas

A maior parte das comidas calóricas leva ao acúmulo de gordura nas paredes das artérias, os canais percorridos pelo sangue que o coração bombeia. Os caminhos obstruídos forçam o motor do corpo humano a bater com cada vez mais força, provocando pequenas lesões em seus músculos. Quando ele não mais dá conta do recado, ocorre um infarto. Os embutidos e outros alimentos com alto teor de sódio também são muito comuns na rotina de quem vive acima do peso, o que gera mais um risco para o sistema cardiovascular, pois elevam a pressão arterial.

• Acidentes vasculares cerebrais (AVCs)

Ocorrem quando uma região do cérebro deixa de ser irrigada de sangue, levando à morte dos neurônios. Quando não têm um desfecho fatal, costumam deixar severas sequelas em suas vítimas. Podem ocorrer em decorrência do entupimentos dos vasos sanguíneos que passam pela área (AVC isquêmico) ou quando estes se rompem (AVC hemorrágico).

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Alto Astral/ Edição: Érika Alfaro