ESTILO DE VIDA

Aprender a dizer “não” pode melhorar sua qualidade de vida!

Falar “sim” para tudo pode até parecer uma atitude cordial, entretanto, danos emocionais podem lhe afetar se o não nunca for dito!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/08/2016 às 19:14
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você já parou para pensar como seria se dissesse “sim” para tudo? Aceitar todos os convites para sair, sempre prestar favores aos outros, trabalhar excessivamente… Tudo isso pode ser muito prejudicial à sua saúde física e mental, além de acabar acarretando alguns problemas que poderiam ser evitados. “Quando você não sabe negar, está concordando com a maneira do outro, isto é, evita limites e não mostra o quão aquilo pode ser negativo para você. É preciso deixar de ter medo de dar uma resposta negativa, fazendo com que o seu desejo seja respeitado de maneira consciente”, aconselha a psicóloga Letícia Guedes.

mulher-dizendo-não-aprenda

FOTO: Shutterstock

Saiba mais!

5 dicas para manter a mente saudável

Como funcionada a depressão na terceira idade

5 passos para controlar a ansiedade

criancas-dizendo-nao

FOTO: Shutterstock

Tem dificuldade em dizer “não”? Veja como fazer isso em 4 passos

Para aprender a dizer “não”, o primeiro passo a ser tomado é evitar o sentimento de culpa. Pense: quantas vezes as pessoas já lhe negaram favores? E mais do que isso: quanto aquele favor poderá prejudicar a sua rotina? Vamos aos passos:

• 1º passo: a questão não é começar a ser uma pessoa que sempre nega as coisas para passar segurança e determinação. Tudo deve ser equilibrado, a fim de que sua paz interior – que é o bem mais precioso de todos – não sofra com esse tipo de resposta. É importante experimentar! Se alguém lhe oferecer algo para comprar e você não quiser naquele momento, diga que está economizando. Certamente, a pessoa não reagirá mal se a sua resposta for cordial.

• 2º passo: agradeça, sempre! Apareceu um convite para sair ou viajar, mas você não está afim de aceitar ou não quer se comprometer financeiramente? Negue, mas não deixe de agradecer pela lembrança. Isso fará com que ela também o convide nas próximas vezes e, quem sabe, você já esteja com vontade de quebrar a rotina.

• 3º passo: que tal delegar funções? Em vez de realizar a tarefa que a pessoa pediu e entregá-la prontamente, procure ensiná-la a fazer ou até mesmo sugerir outra pessoa para ajudá-la. Assim, você estará ajudando, porém, com uma carga menor.

• 4º passo: reflita. Pense bem em tudo o que já fez pelas pessoas e se elas retribuíram suas gentilezas. Depois, liste mentalmente as situações que mais gostaria de negar. Vale até mesmo ensaiar na frente do espelho! O importante é estar bem consigo mesmo e conquistar sua felicidade plena. Então, desintoxique-se!

Consultoria Letícia Guedes, psicóloga