Silenciosa e fatal: saiba como prevenir a dilatação da aorta

A dilatação da aorta é uma doença que não apresenta sintomas na maioria dos casos, por isso é conhecida como doença silenciosa, sendo quase sempre fatal.

None
O coração é o órgão responsável por bombear sangue pelo nosso corpo. Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/05/2017 às 17:00
Atualizado às 17:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A dilatação ou aneurisma da aorta é uma doença silenciosa e na maioria das vezes fatal, tal distúrbio foi responsável pela morte do cantor Belchior no dia 30 de abril. O sangue do nosso corpo é transportado para os outros órgãos por meio da aorta, maior vaso sanguíneo do organismo, quando ela se dilata a espessura de suas paredes diminuem, deixando-a assim mais suscetível para ser rompida pela pressão que o sangue faz ao passar por ela.

Seu diagnóstico é feito por meio de exames de rotina, onde muitas vezes a dilatação é encontrada por acaso, já que na maioria dos casos a doença não apresenta sintomas, e quando apresenta, são eles: dor muito intensa no tórax, podendo haver perda de consciência e alteração da pressão arterial. O tratamento da doença é feito por meio de uma cirurgia para a reparação da aorta ou é feita uma substituição por um enxerto de material sintético.

Como prevenir

Praticar caminhadas ajuda no fortalecimento do sistema cardiovascular.

Praticar caminhadas ajuda a prevenir a dilatação da aorta. FOTO: iStock/Getty Images

A prevenção da doença é feita pelo controle adequado da pressão e do diabetes, uma melhora na qualidade de vida e diminuição de fatores alimentares agressivos. A pratica regular de caminhada também favorece o sistema cardiovascular, o que o torna mais resistente e fortalecido, diminuindo assim os riscos do aneurisma. Seu grupo de risco se caracteriza por pessoas acima dos 50 anos, fumantes,  com hipertensão(pressão arterial alta) e com histórico familiar de problemas cardiovasculares.

Alguns alimentos são mais do que recomendados para cuidar da saúde do coração, evitando o aneurisma e outras doenças cardiovasculares. Uma alimentação balanceada é a principal aliada de quem deseja ter um estilo de vida mais saudável e livre de complicações de todo tipo. Porém, existem algumas opções ainda mais fortes para compor o prato do dia a dia de quem quer evitar problemas cardiovasculares. O coração tem cinco grupos alimentares aliados. “A saúde do coração e do aparelho circulatório depende de uma alimentação saudável e balanceada, contendo uma grande variedade de alimentos. Podemos resumir em cinco grupos principais, levando em conta a relevância desses alimentos na saúde cardíaca, sendo eles: hortaliças e ervas; frutas; leguminosas, grãos e cereais; nozes e sementes; e peixes”, esclarece a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Tamara Mazaracki, nutróloga e médica ortomolecular

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.