ESTILO DE VIDA

Entenda a diferença entre intuição e criatividade

Pode até parecer que processos que envolvem criatividade dependem de intuição, mas as diferenças entre elas são grandes. Entenda!

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/08/2016 às 19:24
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Para quem lida com humor e improviso (como é o caso de Murilo Gun, que faz stand up comedy) a criatividade é um fator importante na hora de provocar o riso. “Já que criatividade é a combinação de coisas, o mais importante para mim é ter muitas coisas no meu repertório para serem combinadas”, explica o humorista. Ou seja, nada do que vem durante o espetáculo é parte da intuição do profissional: é pura e simplesmente criatividade.

Entenda a diferença entre intuição e criatividade

FOTO: Shutterstock.com

Intuição versus criatividade

Muitas pessoas se movem pela intuiçãoao desenvolverem boas ideias. De acordo com a psicanalista Andreia Rego, a intuição corresponde aos pressentimentos, palpites e impressões. “Alguns estudiosos também a chamam de feeling (sensação, em inglês) ou sexto sentido”.

Já a criatividade está relacionada à inventividade, à inteligência, ao talento nato ou adquirido. Tanto a intuição como o processo criativo exigem das pessoas uma flexibilidade cognitiva. Todos têm condições de tirar proveito disso, mas é preciso se livrar da dominação da razão ao perceber o mundo. “Assim, é possível permitir que o cérebro faça novas conexões, conhecendo novas possibilidades e experimentos”, afirma a especialista.

Por fim, segundo Murilo Gun, todo processo criativo começa com um olhar diferenciado sobre as coisas. “Não apenas olhar para coisas que ninguém vê, mas sim olhar diferente para as coisas que todo mundo está habituado”, completa. Por isso, muitas piadas de stand up começam com um “já parou para pensar…”, “sabe quando…” ou “sempre tem aquele momento…”. Segundo o comediante, as pessoas acham graça quando os humoristas falam sobre coisas óbvias que elas nunca pararam para pensar. E que tal seguir esse exemplo e mudar o seu olhar para as coisas do dia a dia? Quem sabe, não nascem novas ideias assim?

Leia também:

Tenha um cérebro mais criativo!

Criatividade: saiba como desenvolvê-la no trabalho

Texto: Érica Aguiar – Edição: Victor Santos
Consultorias: Andreia Rego, psicanalista e coach de desenvolvimento humano; Murilo Gun, empreendedor autodidata, realiza palestras empresariais sobre empreendedorismo, criatividade, marketing viral e pessoal e, atualmente, é um dos principais nomes da comédia stand up do país.