Dicas para sair do sedentarismo: como melhorar sua qualidade de vida com atitudes simples

Reservando algumas horas por semana para fazer atividades físicas, você já contribui bastante para sua saúde. Confira outras dicas para sair do sedentarismo

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/02/2018 às 07:00
Atualizado às 16:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Início de ano é sempre um período muito favorável para tirar do papel os planos que ficaram para trás. E, para muitas pessoas, começar a se exercitar ou retomar a rotina de atividades físicas está entre eles. Deixar os hábitos sedentários para trás é um excelente plano, mas alguns cuidados são necessários nesse início. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o sedentarismo é quarto maior fator de risco de mortalidade global no mundo, favorecendo o surgimento e o agravamento de uma série de doenças, como as do coração, o diabetes e o câncer. Para ajudar a melhor a qualidade de vida das pessoas, preparamos algumas dicas para sair do sedentarismo. Confira!

Encontre seu ritmo

A prática de exercícios, de intensidade moderada, durante meia hora por dia é suficiente para deixar de ser sedentário. Esses 30 minutos podem ser contínuos ou divididos em três períodos de 10 minutos cada. Um minuto de atividade física intensa é igual a 2 minutos de atividade moderada.

De acordo com o United States Departament of Health and Human Services, é importante que os adultos pratiquem duas horas de musculação, por semana, além dos 30 minutos de caminhada por dia. Para crianças e adolescentes o ideal são 60 minutos de atividade aeróbica por dia (recreativa), três vezes por semana e de grande intensidade.

Tenha paciência e seja persistente

O mais importante é praticar uma atividade que se adapte ao estilo de vida e seja agradável para si mesmo. Caso contrário, são muitas as chances de interrupções.

Seja mais ativo no dia a dia

Pequenas mudanças de comportamento no dia a dia, como subir escadas, descer do ônibus um ponto antes e caminhar até o trabalho, passear com cachorro e lavar o carro, podem ajudar a se movimentar mais e servir como um estímulo para o início de uma atividade física diária.

Texto: Da redação

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.