ESTILO DE VIDA

Dicas para prevenir o AVC em diferentes faixas etárias

Mudanças na alimentação, práticas frequentes de exercícios físicos e consultas médicas regulares são algumas das dicas para prevenir o AVC. Leia mais sobre como evitar o problema!

None
AVC é grave e pode deixar sequelas, por isso previna-se! FOTO: GettyImages

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/08/2018 às 11:00
Atualizado às 17:07

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Segundos dados de 2012 do Governo do Brasil, a doença cerebrovascular atinge 16 milhões de pessoas ao redor do globo a cada ano. Só no Brasil, são registradas cerca de 68 mil mortes anualmente. O acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como derrame, é a lesão do cérebro decorrente de uma ruptura ou uma obstrução das artérias que irrigam o sistema nervoso central. No primeiro caso, ocorre o AVC hemorrágico. Já quando as artérias são obstruídas, caracteriza-se o tipo isquêmico. E a palavra-chave é “prevenção”. Abaixo, saiba mais sobre a patologia e confira dicas para prevenir o AVC em todas as idades!

Possíveis causas

Mulher na cama com as mãos na cabeça indicando dor

Para as mulheres, a menopausa é um fator de risco não modificável para a ocorrência do acidente vascular cerebral (AVC). FOTO: iStock.com e GettyImages

De acordo com o neurologista do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, Álvaro Pentagna, os principais fatores de riscos para desenvolver a doença são: hipertensão arterial, diabetes, colesterol e triglicérides elevados, tabagismo, arritmias cardíacas, infarto do miocárdio, obesidade, apneia do sono e sedentarismo.

Além disso, o avanço da idade e um histórico familiar de doença cardiovascular ou cerebrovascular também podem aumentar a probabilidade do indivíduo ter um AVC. “Quanto mais avançada a idade, maior a chance de ter o problema”, destaca o especialista. “As mulheres têm uma particularidade que é a ocorrência de enxaqueca com aura. Isso, associado ao uso de anticoncepcionais, também pode contribuir para a elevação do risco”, completa.

Dicas para prevenir o AVC

Texto: Rebecca Crepaldi/Colaboradora | Consultoria: Álvaro Pentagna, neurologista do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim

LEIA TAMBÉM: