5 dicas práticas para você combater a dengue

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus que é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti. Saiba como combater a dengue!

None
Foto: Reprodução

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/02/2017 às 13:15
Atualizado às 13:26

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus que é transmitido pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti. Ao picar uma pessoa infectada, o vírus da dengue se instala e se multiplica nas glândulas salivares e no intestino da fêmea, fazendo com que ela permaneça infectada por toda sua vida. Assim, ao picar outra pessoa, ela irá transmitir o vírus da doença.

Por isso, acabar com os focos do mosquito Aedes aegypti é a única maneira de combater a transmissão da dengue. Então, que tal descobrir cinco dicas práticas e eficazes que ajudam no combate ao mosquito transmissor da doença?

Veja o vídeo abaixo e confira 5 dicas de como combater a dengue

Conheça a dengue

A doença em sua versão clássica se manifesta durante um período de sete a dez dias. Com início abrupto, febre, náuseas, perda de apetite, indisposição, dores de cabeça (principalmente na região frontal), atrás dos olhos, nas articulações e nos músculos estão entre os sintomas. Manchas vermelhas pelo tórax e nos braços também podem ocorrer. Diferentemente de gripes e resfriados, não apresenta problemas respiratórios.

Por sua vez, a dengue hemorrágica acontece quando a pessoa infectada sofre alterações na coagulação sanguínea. Caso a doença não seja tratada com rapidez, pode levar à morte. No geral, tal manifestação do vírus é mais comum quando a pessoa está sendo infectada com a doença pela segunda vez.

Diante de uma mínima suspeita de dengue, a indicação é não utilizar medicamentos à base de ácido acetil-salicílico. Como não há tratamentos específicos, o ideal é consultar um médico o quanto antes e consumir bastante água. Sem substâncias para combater diretamente o vírus, são recomendados remédios apenas para tratar os sintomas, como antitérmicos para febres e analgésico para dores. Existem vacinas em fase de testes, mas nenhuma no mercado.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.