ESTILO DE VIDA

Dicas para aliviar as crises de enxaqueca

Geralmente encarada como uma simples dor de cabeça, a enxaqueca afeta 90% das pessoas no mundo. Veja aqui algumas dicas de como aliviar os sintomas.

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 05/08/2016 às 18:42
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Por mais que não sejam responsáveis diretamente por causar enxaqueca, alguns alimentos podem desencadear crises em pessoas com predisposição a desenvolvê-la. “Os mais conhecidos são aqueles mais gordurosos, como chocolate, frituras, molhos condimentados, embutidos e castanhas. Mas há pacientes cujas dores podem ser desencadeadas por outros alimentos”, explica o neurologista Flávio Sallem.

Portanto, para combater a enxaqueca, procure ter uma alimentação saudável e balanceada. O neurologista lembra, porém, que a aversão a determinados alimentos não é uma regra, já que alguns de seus pacientes com enxaqueca podem comer de tudo sem sofrer com crises agudas.

enxaqueca

FOTO: Shutterstock.com

Dicas para amenizar e controlar a enxaqueca

  1. Invista em massagens para desfazer nódulos e aliviar a tensão. Faça movimentos circulares na cabeça, entre as orelhas e os olhos, no pescoço, etc.
  2. Pratique exercícios. Durante a prática de esportes, há a liberação de substâncias como serotonina, o neurotransmissor do bem-estar. Algumas pessoas que sofrem com o problema ainda são resistentes a fazer ginástica. Mude de ideia: correr, por exemplo, pode ajudar a evitar dores.
  3. Sensações de calor e frio também podem ajudar a controlar o problema, pois aliviam a dor e a tensão muscular. Em momentos de crise, se possível, tome um banho quente, use bolsas d’água ou aplique toalhas úmidas nos locais de dor.
  4. Escuro e silêncio são grandes aliados. Como o estresse pode desencadear crises de enxaqueca, escolher locais tranquilos para relaxar é uma ajuda em potencial.
  5. Estimule a liberação de analgésicos naturais com acupuntura. A endorfina pode aliviar a tensão e melhorar dores crônicas.

Veja mais:

Enxaqueca não é só uma dor de cabeça

Mulheres sofrem mais com enxaqueca

Os tipos de dores de cabeça que afetam os brasileiros

Consultoria: Flávio Sallem, neurologista, do Hospital do Coração e Hospital das Clínicas, em São Paulo (SP)

Texto e entrevistas: Carolina Firmino – Edição: Augusto Biason/Colaborador