ESTILO DE VIDA

Como as definições sobre gênero influenciam nosso dia a dia

O debate sobre as várias formas de definição de gênero mostra como as pessoas vão além do modelo binário masculino e feminino

None
Foto: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/11/2016 às 09:36
Atualizado às 14:23

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Impulsionada pelo discurso em defesa dos direitos humanos e a favor da diversidade, a definição (ou melhor, a não definição) de gêneros atingiu patamares inimagináveis até algumas décadas atrás – basta ver que, apesar de a orientação sexual se tratar de um assunto diferente da questão de gênero, até 1993, a homossexualidade era considerada um distúrbio mental.

gênero

Foto: Shutterstock Images

Nas redes socias

No começo de 2015, por exemplo, o Facebook criou diversas opções de identidade de gênero, além dos tradicionais masculino e feminino. Com um total de 17 alternativas, os usuários brasileiros podem optar por categorias como “transexual”, “crossgender” e “neutro” ou escrever sua própria identificação. Nos Estados Unidos, são mais de 50 possibilidades.

Na moda

A discussão sobre questão de gênero se tornou uma tendência no mundo da moda e, cada vez mais, algumas marcas estão buscando quebrar essa ideia de divisão entre os sexos – a varejista espanhola Zara lançou, também em 2016, uma linha unissex e a luxuosa Louis Vuitton trouxe o filho de Will Smith como astro de uma campanha feminina, por exemplo.

LEIA TAMBÉM

Texto: Augusto Biason/colaborador