Cursos de idiomas no exterior: conheça os vários tipos

Confira uma lista com os vários tipos de cursos de idiomas que podem ser realizados no exterior, durante um intercâmbio. Será que algum é para você?

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/11/2016 às 15:18
Atualizado às 14:09

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Alguma vez na vida você já frequentou aulas de inglês, espanhol, ou qualquer outra língua em uma escola de idiomas? Apesar de ser um método que gera bons resultados, existe uma maneira diferente e ainda mais atrativa que garante fluência e, ao mesmo tempo, bastante cultura. São os conhecidos intercâmbios para a realização de cursos de línguas. Confira a seguir os tipos diferentes de cursos de idiomas no exterior.

Cursos de idiomas no exterior: conheça os vários tipos

FOTO: Shutterstock.com

Cursos de idiomas no exterior:

Regulares

Esses cursos são destinados às pessoas que querem desenvolver o idioma, sendo que eles são adequados para cada necessidade e especificações. São diversos países que o estudante pode escolher, como Estados Unidos, Canadá, Irlanda, África do Sul, Itália, França, Alemanha, entre tantos outros.

Combinados

Já pensou em, além de conquistar fluência do idioma desejado, você ainda conseguir fazer uma aula que sempre sonhou – mas claro que durante o seu tempo livre? É bem simples. Se você tem vocação para cozinhar, pode usar os momentos em que está longe da classe para fazer um curso de gastronomia. Ou, então, se sempre sonhou em mergulhar, tem a opção de combinar as aulas com o mergulho.

Preparatórios

Essa opção pode ser realizada tanto aqui no país, quanto em outra localidade. O objetivo central é preparar o estudante para uma prova de qualificação de idioma, fornecendo habilidades específicas para cada tipo de exame – que podem ser o TOEFL (Test of English as a Foreign Language), o TOEIC (Test of English for International Communication), o IELTS (International English Language Testing System) e os exames de Cambridge, por exemplo.
Caso consiga atingir a nota máxima e passar no teste, com certeza o seu lado profissional será enriquecido, uma vez que o currículo passará a ser mais valorizado.
E sabe o que é o melhor? Se esse curso for realizado no exterior, são vários os destinos disponíveis (dependendo da agência de intercâmbio escolhida), como Nova Zelândia, Austrália, Chile, Alemanha, Espanha, Malta… Ou seja, é só escolher um país e estudar para passar na prova e, com isso, “abrir um leque” de oportunidades.

Todo mundo junto

Além de ser possível optar por um curso que atenda às suas expectativas, também existe a chance de fechar um programa que deixe a família toda feliz! É que o chamado intercâmbio em família leva em consideração todos os integrantes. Dessa forma, os adolescentes aproveitam para curtir a viagem moldada para seus interesses (com atividades que respeitem a faixa etária), enquanto os pais ou responsáveis têm a possibilidade de aperfeiçoar o segundo idioma, sendo que todos frequentam a mesma escola.
LEIA TAMBÉM:

Texto: Larissa Tomazini/colaborador – Edição: Victor Santos/colaborador
Consultoria: Alessandra Brandão, diretora do 2be Study Group

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.