6 cuidados que devem ser tomados depois de um infarto!

É possível retomar uma vida saudável após sofrer um infarto. Veja algumas atitudes necessárias para manter o coração protegido.

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/11/2016 às 12:53
Atualizado às 12:39

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Após sofrer um infarto, o indivíduo deve redobrar os cuidados com a saúde, protegendo seu coração contra qualquer malefício. Mesmo após enfrentar o problema, é possível ter uma vida normal, desde que certos cuidados sejam seguidos.

infarto

Foto: Shutterstock

1. Sono

Dormir é tranquilizante, por isso é necessário prestar atenção em alguns comportamentos que podem atrapalhar esse momento, como ronco excessivo e movimentos involuntários frequentes. A hora do repouso precisa ser a mais serena possível e, se isso não acontece, deve-se procurar um profissional do sono para solucionar o problema.

2. Dieta balanceada

Uma rotina alimentar balanceada é indispensável. Contar com um cardápio rico em frutas, verduras e legumes, optar por carnes mais leves como peixe e frango e evitar alimentos gordurosos e industrializados são algumas medidas simples e eficazes. É essencial consultar um nutricionista para que todas as necessidades particulares sejam atendidas.

alimentacao-infarto

Foto: iStock.com/Getty Images

3. Vacinação

A gripe pode se tornar mais severa com quem já sofreu um ataque cardíaco, uma vez que o vírus influenza pode atrapalhar o trabalho dos pulmões e do coração, sobrecarregando os órgãos. Por isso, se torna imprescindível que o paciente busque tomar anualmente a vacina contra a gripe.

4. Apoio psicológico

Também é recomendável buscar a ajuda de um psicólogo para aliviar problemas do dia a dia, como o estresse e o mau humor crônico. Assim, mantendo uma vida mais calma e harmoniosa, os riscos de sofrer outro infarto são reduzidos.

exercicio-coracao

Foto: Shutterstock

5. Atividade física

Os exercícios físicos devem ser feitos de maneira leve ou moderada, por isso uma consulta com um médico antes de qualquer atividade é importantíssima. Cada indivíduo reage ao problema de uma forma, por isso só um profissional pode indicar o melhor exercício para cada caso.

6. Vida sexual

Deve ser retomada pouco a pouco, respeitando os mesmos critérios da atividade física. Problemas como ereção e ejaculação precoce podem estar relacionados com doenças cardiovasculares. Nesses casos, não hesite em procurar um urologista.

Texto: Redação Alto Astral
Consultoria: Mauro Paes Leme e Roberto Giraldez, cardiologistas

LEIA MAIS