ESTILO DE VIDA

Articulações e cartilagens: por quê devemos cuidar?

Evite o aparecimento de problemas como a artrite e a osteoartrite adotando hábitos que vão ajudar nos cuidados com articulações e cartilagens

None
Prestar atenção à postura e intensidade do esforço aplicado às diferentes partes do corpo são medidas importantes para evitar complicações. FOTO: iStock e Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/10/2017 às 07:00
Atualizado às 07:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os ossos conferem sustentação ao corpo, protegendo os órgãos e fornecendo pontos de apoio para os músculos se fixarem. Porém, eles não exercem essas funções sozinhos, pois dependem das articulações com suas cartilagens para a distribuição de carga e redução do atrito e do desgaste ósseo, o que torna essencial a prática de hábitos que priorizem cuidados com articulações e cartilagens. A cartilagem articular é um tecido resistente e flexível, que amortece os impactos e age como molde para as articulações. “No joelho, por exemplo, ela cobre e molda o fêmur, a tíbia e a patela, permitindo que esses ossos deslizem um sobre o outro, diminuindo o atrito e ajudando a suportar o peso do corpo”, explica a gerente médica do Aché Laboratórios, Wanessa Scala.

A redução do atrito nas articulações é muito importante para evitar a inflamação destas (artrite). Nos casos onde o atrito acontece de forma recorrente, pode ocorrer o desgaste das articulações, a osteoartrite, que é conhecida popularmente como artrose. Dessa forma, manter os cuidados com articulações e cartilagens, assim como da saúde óssea, é fundamental para a prevenção do problema. O colágeno é uma proteína sintetizada pelo organismo e confere resistência e elasticidade às cartilagens. A vitamina C age ativando enzimas envolvidas no processo de produção do colágeno.

Cautela durante a prática de atividades físicas

Segundo Wanessa, quem pratica esporte, seja com frequência ou ocasionalmente, deve ter acompanhamento de um profissional habilitado e estar especialmente atento às articulações e seus componentes, entre eles as cartilagens. “Após os 25 anos de idade, a produção de colágeno diminui. Além disso, a massa muscular e a velocidade de renovação celular também ficam reduzidas”, explica. Esforços físicos mais intensos podem levar a um quadro inflamatório da articulação. Uma alimentação adequada, com ingestão de alimentos ricos em vitamina C, proteínas e minerais, auxilia na reposição do colágeno. Este, por sua vez, fortalece os músculos, as cartilagens, os ossos, os tendões, os ligamentos, e também a pele e os vasos sanguíneos.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Wanessa Scala, médica generalista e gerente médica do Aché Laboratórios

LEIA TAMBÉM