Cuidados com a casa evitam alergias e problemas respiratórios

Quem sofre de problemas respiratórios deve ter cuidados especiais. Veja onde vivem os vilões da nossa saúde e como hábitos simples fazem toda a diferença.

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/04/2017 às 08:05
Atualizado às 13:41

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Muitas das doenças respiratórias não têm cura e sim, constantes tratamentos e cuidados. Entre esses cuidados, estão aqueles do ambiente doméstico. Dentro de casa, os principais vilões dos alérgicos são os ácaros, parasitas microscópicos que vivem em diversos lugares, principalmente onde há poeira. Eles se alimentam de resíduos da descamação da pele e proliferam-se na poeira doméstica, especialmente nos lençóis, travesseiros, tapetes e cortinas. Por isso, é de extrema importância ter um cuidado especial com a higiene do ambiente onde uma pessoa que sofre de alergias ou de problemas respiratórios mora.

Os problemas respiratórios podem ser em decorrência da falta de cuidado doméstico.

Os problemas respiratórios podem ser em decorrência da falta de cuidado doméstico. Foto Shutterstock

Nem só a poeira prejudica a saúde, mas também outros fatores, como a fumaça de cigarro: “Há pessoas que fumam na varanda e acham que isso não tem problema, mas não é verdade. É melhor fumar na varanda do que em um ambiente fechado, ao lado de alguém que sofre de problemas respiratórios, mas isso não quer dizer que a pessoa não acabe inalando fumaça”, alerta a pneumologista Christina Pinho.

A especialista também orienta sobre a questão de frequentar ou não lugares com ar-condicionado: “Depende de como você fica com isso. Buscamos não privar a vida do paciente de coisas que não precisam ser proibidas. Cada caso é um caso e o uso dos aparelhos de ar-condicionado é bem pessoal.

Cada indivíduo precisa notar como seu corpo reage quando está nesse ambiente”. Christina acredita que são necessárias algumas regras gerais de limpeza na casa de quem sofre de problemas respiratórios. “Se você mora em uma rua que tem bastante poeira você vai ter que ser mais cuidadoso com a limpeza daquele ambiente, porém deixar tudo fechado o tempo todo é um erro. Tem que entrar sol, porque os fungos se desenvolvem com a falta de luz”, aconselha.

Outra orientação relevante é sobre os cuidados com o local onde se dorme: “Quando acordar, não faça direto a cama, deixe-a por um tempo descoberta, para arejar. Isso é para certificar que o lençol e o travesseiro estão bem sequinhos. Porque à noite todo mundo sua um pouco, mesmo que esteja frio”.

LEIA TAMBÉM