Corrida: dicas úteis para quem pratica ou quer começar a correr

Confira algumas dicas que podem dar uma ajuda enorme para quem começou ou quer embarcar na corrida de rua, esporte cada vez mais procurado

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 27/11/2016 às 15:02
Atualizado às 12:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A corrida é um esporte que está cada vez mais em alta, além de democrático, pois pode ser praticada nas ruas, parques e praças da sua cidade. Ainda assim, não é simplesmente calçar um tênis e sair correndo: há uma série de cuidados – inclusive, na hora de escolher o par de tênis – que as pessoas devem tomar nessa hora. Confira, a seguir, dicas super úteis para quem quer se aventurar ou já pratica corrida regularmente.

Corrida: dicas úteis para quem pratica ou quer começar a correr

FOTO: iStock.com/Getty Images

Dicas úteis para uma corrida cada vez melhor

Escolha o tênis ideal

Pessoas que correm menos de 30km semanalmente devem optar por modelos de drop mais alto e amortecedores potentes. Já quem enfrenta treinos mais puxados, de 30 a 50km, pode investir em calçados com drop médio e amortecimento macio. Por fim, os tênis com drop baixo e amortecimento firme são especialmente indicados para atletas que atingem uma quilometragem semanal acima de 50km.

Controle seus batimentos cardíacos

Não dá para encarar treinos de corrida sem conhecer a sua frequência cardíaca máxima, que, na prática, significa o número de batimentos que seu coração aguenta por minuto. Segundo o educador físico Felipe Lopes da Silva, esse valor, conseguido por meio de um teste ergoespirométrico, é essencial para a montagem dos treinos, ao ajudar estabelecer os ritmos de exercícios na sua zona de queima de gordura.

Fique de olho na temperatura

Opte por fazer seus treinos pela manhã ou no final de tarde, quando a temperatura está mais amena. E lembre-se : não saia de casa sem o seu frequencímetro cardíaco, que, junto com sua frequência cardíaca máxima, irá estabelecer as bases de seu treino.

Cuidado com a quantidade!

Controle a intensidade e a quantidade de treinos. Aumentar drasticamente tanto um item quanto o outro pode causar uma forte sobrecarga em seu corpo. Planeje seus treinos para que eles evoluam de forma gradual. Além disso, treine regularmente para garantir que sua performance sempre evolua.

LEIA TAMBÉM

Texto: Érica Aguiar e Natália Ortega – Edição: Victor Santos
Consultoria: Felipe Lopes da Silva, educador físico da Academia Fluyr Saudável, de São Paulo