Coração é prejudicado com excesso de trabalho

O coração pode ser prejudicado com o excesso de trabalho, sendo que uma carga horária maior de 45 horas semanais aumenta os riscos de problemas cardíacos.

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/07/2016 às 19:15
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você costuma fazer horas extras no serviço com bastante frequência? Apesar de muitas vezes essa medida ser necessária, ela traz prejuízos à sua saúde: podem surgir desde estresse e cansaço até doenças do coração.

Segundo pesquisadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, quando a carga horária de trabalho é maior do que 45 horas por semana, ao longo de uma década, o risco de surgirem problemas no coração cresce consideravelmente.

Excesso de trabalho pode causar doenças do coração

FOTO: Shutterstock Images

Para chegarem a essa conclusão, os cientistas analisaram dados de mais de 1.900 voluntários de um estudo de longo prazo sobre saúde e trabalho – sendo que todos eles estavam empregados há pelo menos dez anos. O estudo levou em consideração vários distúrbios, como angina, doença coronariana, insuficiência cardíaca, infarto, derrame e pressão alta.

SAIBA MAIS:

Descubra os benefícios do óleo de coco para a saúde

O que esperar de uma cirurgia cardíaca?

Confira opções de alimentos anti-infarto

Hábitos para manter o coração saudável

Alimentação natural: opte por um cardápio equilibrado e busque as opções mais saudáveis.

Corpo em movimento: inclua atividades físicas em sua rotina. Vá ao trabalho de bicicleta e prefira as escadas em vez do elevador. Com 30 minutos de atividade física todos os dias, você diminui os riscos de ataques cardíacos e derrames.

Livre-se de vícios: se você fuma, procure seu médico e adote medidas para auxiliá-lo a abandonar o cigarro. Além disso, restrinja a quantidade diária de bebida alcoólica que você consome.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.