Conheça algumas fobias pouco comuns

A fobia é mais que um simples medo. Há um número infinito de fobias, algumas nem mesmo listadas na literatura médica. Conheça algumas fobias curiosas.

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/07/2016 às 18:58
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A fobia não é um simples medo. Conhecida como transtorno fóbico-ansioso, ela se caracteriza por ultrapassar o nível de uma simples repulsa por objetos, animais ou situações, fazendo com que a pessoa não consiga apenas afastar-se e esquecer da sensação ruim. Além disso, geralmente, as fobias vêm acompanhadas de alguns sintomas, como ansiedade, nervosismo, falta de ar e taquicardia.

Este distúrbio pode ser dividido em três categorias:

  • Agorafobia: é o medo de lugares muito amplos, muito fechados ou com grandes multidões.
  • Fobia específica: é a aversão irracional, persistente e excessiva a objetos, animais, lugares ou situações.
  • Fobia social: temor relacionado a exposição em público, como em discursos, entrevistas ou até mesmo conversas entre familiares e amigos.
fobias medo

FOTO: iStock.com/Getty Images

Fobias curiosas

Pode ser difícil de acreditar, mas existem fobias para quase tudo, e elas têm nomes tão incomuns quanto sua definição. Abaixo, confira algumas das mais raras:

  • Hipopotomonstrosesquipedaliofobia: por mais paradoxal que seja, este é o medo de pronunciar palavras grandes ou pouco comuns. O nome dessa fobia surgiu como brincadeira para caracterizar a aversão ao mencionar palavras complicadas.
  • Coulrofobia: para alguns, os palhaços são criaturas aterrorizantes, e tal medo deu origem a essa fobia.
  • Heliofobia: na moda de filmes e livros sobre vampiros, este é o medo de sair no sol – dormir o dia todo nem sempre é apenas uma escolha.
  • Onfalofobia: medo inusitado de umbigos.
  • Filemafobia: não adianta pedir para Santo Antônio ou ao cupido: este é o pavor de beijos.
  • Hipengiofobia ou hipegiafobia: a falta de comprometimentos com algumas tarefas pode não ser uma escolha, e sim um medo de assumir responsabilidades.
  • Octofobia: por mais estranho que pareça, existe um medo em relação ao número 8. Outros números, como o 13 e o 666, também possuem fobias específicas: triscaidecafobia e hexacosioihexecontahexafobia, respectivamente.
  • Ritifobia: medo de ficar enrugado. Será que o Peter Pan tinha essa fobia?

Veja mais:

Fobia escolar: seu filho tem?

Saiba como agir durante uma crise de pânico

10 mitos e verdades sobre a ansiedade

Texto: Giovane Rocha/Colaborador – Edição: Augusto Biason/Colaborador

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.