ESTILO DE VIDA

Confira alguns mitos e verdades sobre proteínas

Proteínas são macromoléculas constituídas por cadeias de aminoácidos. Elas estão presentes em todos os seres vivos e participam de processos celulares.

None
Foto iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/08/2016 às 19:27
Atualizado às 20:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Aumentar o consumo de proteínas emagrece

Ovos cozidos, folhas de hortelã, tigela

Foto shutterstock.com

DEPENDE. “A proteína dá uma boa sensação de saciedade e deixa a fome bem longe, o que é importante quando falamos de emagrecimento. Além disso, aumenta o conteúdo de massa muscular”, explica a nutricionista funcional Patricia Davidson. Porém, o consumo de proteínas só terá efeito emagrecedor se forem proteínas magras e se houver redução na ingestão de carboidratos, gorduras e produtos industrializados que prejudicam a dieta.

Proteína em excesso pode fazer mal à saúde

VERDADE. O consumo exagerado de proteína pode causar uma sobrecarga nos sistemas renal e hepático. Além disso, pode ser acumulada em forma de gordura se não for utilizada pelo organismo.

Ovo aumenta o colesterol

MITO. “Comer 1 ou 2 ovos, de 3 a 4 vezes por semana, é saudável e isento de efeitos adversos sobre a taxa de colesterol”, garante a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki. O ovo é um alimento tão completo, que concentra todos os nutrientes essenciais, com exceção apenas da vitamina C. A melhor maneira de consumir esse alimento é cozido.

Peixe, tomate, limão, cebola, ervas

Foto iStock.com/Getty Images

Dentre as opções mais comuns de carne, a de peixe é a mais saudável

VERDADE. O peixe é fonte de proteínas de ótima qualidade, concentrando aminoácidos fundamentais que não são produzidos pelo organismo. Concentra gorduras boas e é muito menos gorduroso do que as carnes bovina e suína. Para completar, a carne de peixe apresenta alta digestibilidade, isto é, depois de consumida, não deixa a sensação de estômago pesado.

Vegetais não contêm proteínas

MITO. Todos os alimentos concentram proteínas, o que varia é a quantidade em cada um deles. “A proteína animal é chamada de completa, justamente por conter todos os aminoácidos essenciais em sua composição. Isso não é o que temos nas de origem vegetal, que são deficientes em alguns aminoácidos”, explica Patricia.

carne vermelha

Foto Shutterstock.com

Carne vermelha em excesso pode aumentar o risco de desenvolver câncer

VERDADE. A carne vermelha é rica em gordura saturada, cujo excesso aumenta a produção de radicais livres – elementos que podem levar ao câncer – e o colesterol. Além disso, estudos científicos indicam que esse tipo de carne pode conter substâncias que danificam o DNA e favorecem o aparecimento de células cancerígenas.

Saiba mais:

Dietas baseadas em proteínas

Fonte da juventude: saiba como a meditação ajuda a rejuvenescer

Amendoim: 6 coisas que você precisa saber sobre essa oleaginosa

Consultoria Patricia Davidson, nutricionista funcional; Tamara Mazaracki, médica ortomolecular e nutróloga