ESTILO DE VIDA

Como lavar as roupinhas de crochê do bebê

Confira as dicas para manusear corretamente as roupas de bebê feitas em crochê. A ideia é mantê-las limpinhas sem estragar o formato, encolher ou desfiar

None
É necessário um cuidado especial para as roupinhas durarem mais | Foto: Shutterstock

por Lirian Coelho
Publicado em 21/03/2017 às 13:01
Atualizado às 16:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Na hora de lavar e cuidar das nossas roupas é preciso tomar vários cuidados para não estragá-las. Com o crochê não é diferente e, no caso das roupinhas para bebês, a atenção deve ser redobrada para que as peças não estraguem, não percam sua forma ou causem algum tipo de alergia. Se você não sabe ao certo como conservar, que tal aprender agora? Confira as dicas!

roupinha de bebê feita de crochê com lã colorida sobre uma superfície de madeira, novelo e agulha ao lado, roupas de bebê

É necessário um cuidado especial para as roupinhas durarem mais | Foto: Shutterstock

Lavagem cuidadosa

Por as roupas de bebê serem muito delicadas, o ideal é que as peças de crochê sejam lavadas à mão. Isso porque o movimento da máquina de lavar pode estragar a fibra da linha e deformar a peça. Além disso, os fios podem se soltar e você pode perder a peça que fez com tanto carinho! O melhor sabão para utilizar é o neutro, que limpa profundamente sem danificar os fios, o que pode acontecer se utilizarmos o sabão em pó tradicional (este pode até encolher ou endurecer a peça!).

Lave sempre roupas de bebê antes de vesti-las no pequeno pela primeira vez. É normal que durante a produção dos novelos na fábrica, no armazenamento ou no transporte os fios fiquem com poeira ou restos de alguma substância química. Tudo isso pode causar alergia na pele dos filhos, então, atente-se a isso.

Para secar

Pode até ser mais prático, mas colocar suas peças de crochê dentro da secadora de roupa pode fazer com que elas encolham e percam totalmente seu formato, já que o ar quente danifica a linha. Também não torça a peça para tirar o excesso de água nem coloque para secar com prendedor, que vai deixar a roupa de bebê ou qualquer outra peça com uma marca. O ideal mesmo é espremer com cuidado a roupinha ou a peça para não deformar e deixá-la secando em alguma superfície, na horizontal. Além disso, coloque sempre em local com sombra ou vento, nunca no sol, já que ele, assim com a secadora, pode estragar a peça.

Dentro da gaveta

As peças de crochê não podem ser colocadas em cabides! Se ficarem penduradas, as roupas vão esticar e perder o formato original, o que muitas vezes pode até mesmo impedir que ela seja utilizada novamente. Por isso, guarde-as sempre dobradas. Quando for armazenar para utilizar somente bastante tempo depois, guarde as peças em sacos de TNT, que permitem a troca de ar com o ambiente. Os sacos plásticos que costumamos usar absorvem umidade, o que pode ajudar na proliferação de fungos nas peças. Mesmo assim, antes de vestir novamente, lave a peça!

Agora que você já sabe os cuidados que deve ter com suas peças de crochê, não precisa pensar duas vezes antes de fazer uma linda roupinha para o bebê!

Fonte: Círculo® | Texto: Thainá Zanfolin/colaboradora

LEIA TAMBÉM: