Câncer: entenda, de uma maneira simples, como ele se forma

O câncer, que é conhecido por ser uma doença muito agressiva e muitas vezes fatal, gera muitas dúvidas sobre seu desenvolvimento. Entenda mais a seguir!

None
FOTO Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/11/2016 às 13:21
Atualizado às 12:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Segundo informações do Instituto Nacional de Câncer (Inca), câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças. Caracteriza-se por alterações no material genético, que fazem com que as células cresçam e se multipliquem de forma desordenada. Raramente a doença se desenvolve exclusivamente por causa de fatores hereditários. Ou seja, mesmo em quem tem predisposição, os fatores determinantes podem ser ambientais, e a multicausalidade é frequente; geralmente, associação entre álcool e tabaco, má alimentação e sedentarismo, entre outras.

cancer-saude-como-se-forma-simbolo-maos

FOTO: Shutterstock

Entenda como se formam os tumores

1- Durante a divisão celular, o DNA, material genético da célula, pode ser danificado. Quando o organismo está funcionando corretamente, as células defeituosas se autodestroem. Ou seja, o próprio corpo se encarrega de consertar o erro.

2- No entanto e muitas vezes, as células defeituosas se reproduzem rápida e descontroladamente e o mecanismo de reparo pode não funcionar. Esse defeito pode ser herdado, mas na maioria dos casos, o DNA é alterado por causa da exposição frequente a fatores ambientais favoráveis, como fumo, radiação ultravioleta, alguns tipos de vírus e má alimentação.

3- Ao se reproduzirem desordenadamente, as células cancerosas formam uma massa, chamada de tumor. Essas células podem se desprender do tumor e atingir outras partes do corpo, onde passam a crescer e substituir o tecido sadio, num processo chamado de metástase.

Um conjunto de fatores

O corpo humano é um sistema de criação, manutenção e renovação de células. Quando ocorre alguma falha no processo, podem surgir os tumores. “A maioria deles se origina como fruto de falhas nos mecanismos de replicação celular, associadas ou não a estímulos carcinogênicos como cigarro ou devido a mecanismos hereditários”, explica o oncologista Luiz Flávio Coutinho.

Consultoria: Luiz Flávio Coutinho, oncologista

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.