Como escolher o sapato ideal

Ortopedistas falam sobre salto alto e ensinam a escolher o sapato ideal para você

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/09/2014 às 08:33
Atualizado às 21:04

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os sapatos costumam ser uma das maiores paixões femininas. Altos, baixos, coloridos, de uma só cor, fechados, abertos, de tecido, de couro… existe uma infinidade de modelos para suprir os gostos e as necessidades de cada uma. Mas, afinal, além de lindo, o que um sapato precisa ter para ser considerado ideal? Conversamos com os médicos ortopedistas Paulo Brasil e Diógenes Augusto Archanjo da Silva, que dão dicas importantes para a hora de escolher o melhor modelo para você. Confira!

Como escolher o sapato ideal

Foto: Shutterstock Images

Escolha o melhor momento do dia

Segundo o Dr. Diógenes, o ideal seria que os sapatos fossem personalizados para terem uma melhor aderência ao pés. Porém, essa opção é extremamente cara e fora das condições da maioria dos brasileiros, portanto, ter alguns cuidados na hora de adquirir um novo par de sapatos pode fazer toda a diferença. “O melhor horário para comprar um sapato é no final da tarde. O motivo é simples: os pés amanhecem em repouso e ‘mais magros’, mas dão uma inchada no decorrer do dia. Por isso, se o par for comprado de manhã, poderá apertar à noite e ficar bastante desconfortável”, ensina.

E o salto alto?

Qual mulher não adora um belo par de salto alto? Eles são lindos mesmo, mas podem ser tanto os heróis quanto os vilões da sua saúde. “Sapatos completamente sem salto e muito moles sobrecarregam a ponta dos pés e o calcanhar”, alerta o Dr. Paulo. A dica, então, é dar preferência para os modelos de, em média, 3 cm de salto, com palmilha anatômica e solado rígido, que acomodam melhor os pés. Portanto, o melhor é deixar aqueles sapatos super altos apenas para ocasiões especiais, ok?

Palmilhas

Já existem no mercado diversos tipos de palmilhas e apoios que ajudam a aliviar os sintomas causados pela escolha errada do sapato. Porém, é sempre bom consultar um médico ortopedista para escolher o modelo ideal para cada sintoma. “Pode acontecer, também, de o indivíduo ter alguma doença prévia ou deformidade específica, que precisa do acompanhamento de um especialista”, finaliza o Dr. Diógenes.

Consultoria:

Dr. Paulo Brasil, ortopedista do Hospital Balbino (RJ) e membro da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPE) e da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT).

Dr. Diógenes Augusto Archanjo da Silva, ortopedista do Grupo Plena Saúde.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.