Primeiros socorros: como cuidar de pequenos machucados!

Veja como prestar os primeiros socorros em caso de acidentes simples e como cuidar de pequenos machucados! São dicas simples!

None
Saiba como fazer pequenos curativos corretamente FOTO: PureStockX/DIOMEDIA

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/03/2017 às 13:29
Atualizado às 13:33

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando se trata de pequenos acidentes domésticos, todo mundo tem uma história para contar. Tendo as crianças como principais vítimas, é um problema inevitável! A seguir, você confere algumas dicas de como cuidar de pequenos machucados. Porém, é necessário atenção, já que alguns casos devem ser levados ao pronto-atendimento: “É complicado um leigo avaliar a necessidade de ajuda médica, mas recomenda-se verificar a intensidade da dor, a vermelhidão do local, a saída de secreção e se o paciente tem febre”, orienta a enfermeira Francisca Adriana da Silva Costa.

Cuide de pequenos machucados corretamente

Dependendo dos casos, certos curativos podem ser feitos em casa  FOTO: Shutterstock

Cortou?

Cortes profundos, que sangram bastante, devem ser pressionados com um tecido limpo. “A primeira coisa a fazer é conter o sangramento com um pano ou uma toalha”, comenta Francisca. Se o sangue não estancar após 15 minutos, é preciso buscar ajuda especializada e verificar a necessidade de sutura, ou seja, se precisa dar pontos no corte. Se parar de sangrar, lave o local com água e sabão neutro. E atenção para os próximos dias, quando o ferimento começar a formar “casquinhas”. Uma vez que são parte do mecanismo de cicatrização, não devem ser arrancadas, por mais tentador que isso seja.

Arranhou?

Assim como cortes superficiais, arranhões e ralados devem ser tratados com sabão e água corrente. Isso é importante para remover qualquer resíduo que possa ter se instalado no machucado, diminuindo a chance de infecção. “Primeiro lave abundantemente com água (pode ser da torneira ou do chuveiro). Em um segundo momento, lave com soro fisiológico 1 vez ao dia (logo após o banho)”, ensina a enfermeira. Dispense curativos ou esparadrapos e deixe o local arejado: isso favorece a cicatrização. Mais uma vez vale deixar as casquinhas quietas: sem elas o machucado fica desprotegido, sujeito ao ataque de bactérias. Pelo mesmo motivo, evite também coçar a região próxima ao ferimento.

Pequenos machucados podem ser cuidados em casa

Saiba como fazer pequenos curativos corretamente
FOTO: PureStockX/DIOMEDIA

Queimou?

Esse é assunto sério e merece cuidado especial. “Toda queimadura deve ser criteriosamente avaliada pelo especialista logo após o acidente”, alerta Francisca. Deixe para tratar em casa aquelas causadas por líquidos quentes ou um esbarrão no ferro de passar ou na panela quente. Nesses casos, mais uma vez, é preciso lavar o ferimento em água corrente e manter o local arejado. Se as bolhas surgirem, não devem ser estouradas em hipótese alguma. Nem pense em aplicar substâncias como manteiga, óleo ou creme dental e só utilize pomadas sob prescrição médica.

Prendeu?

É comum que os dedos sejam alvos (e vítimas) de portas, martelos e quinas. Quando prender ou bater qualquer parte do corpo, primeiro coloque gelo. Além de dar sensação de alívio da dor, isso reduz o inchaço. Consequência inevitável é o hematoma, a popular mancha roxa, que surge do rompimento de vários pequenos vasos de sangue no local traumatizado. “Dependendo da gravidade da queda e da extensão do hematoma, é preciso procurar um médico, mas aqueles pequenos são absorvidos pelo organismo e precisam receber apenas compressas frias no local para facilitar esse processo”, comenta a enfermeira. Depois do roxo, o machucado ainda ganha tons de verde e depois amarelo até que sare completamente.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.