Ciúmes: o lado doentio do amor

O excesso de ciúmes pode se tornar uma patologia. Essa é uma das principais causas de brigas e fins de relacionamentos. Confira mais sobre!

None
Foto Istock.com/Getty images

por Redação Alto Astral
Publicado em 27/10/2016 às 13:32
Atualizado às 11:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Dizem que não há amor sem ciúme, porém, em excesso, esse sentimento pode destruir uma relação e tornar-se numa patologia. Aprenda a controlá-lo e reconheça os seus sinais antes que seja tarde demais.

casal brigado

Foto Istock.com/Getty images

O veneno das relações

O ciúmes é uma das principais causas de briga em um relacionamento. É como um veneno que vai minando o corpo, até destruí-lo. As pessoas são mais ou menos ciumentas em função de uma série de fatores, entre eles, a predisposição genética e aspectos psíquicos como a educação que receberam ou situações traumáticas pelas quais passaram. Em casos extremos, pode tornar-se numa obsessão e pode chegar a violência e até a homicídio.

mulher vendo homem usando o celular

Foto Istock.com/Getty images

“O ciúme pode manifestar-se por meio de atos excessivos de controle mas que, erradamente, são interpretados pelas vítimas como manifestações de amor. Nesse caso, ultrapassamos a barreira do respeito e estamos perante situações de violência que podem envolver atos mais graves”, esclarece a psicóloga,Vera Ramalho. O ciumento perde a noção dos limites, passando a viver em função de descobrir a traição, que pode ser real ou imaginária. “Esse sentimento compreende emoções e pensamentos irracionais, além de comportamentos desordenados. É um problema que evolve o medo de perder o par, existindo uma desconfiança excessiva, que gera um prejuízo significativo para a pessoa”, sublinha a especialista. O par pode expressar vários sentimentos, como ansiedade, depressão, raiva, vergonha, insegurança, humilhação, perplexidade e até culpa.

Sinais

Existem alguns gestos que podem denunciar um comportamento obsessivo e saber se está em risco de se tornar uma potencial ciumenta. Confira:

  • Quando esta longe do companheiro, sente-se angustiada e muito infeliz;
  • Sente ciúmes de qualquer pessoa e não aceita que o parceiro se divirta com outras pessoas;
  • Desconfia dele constantemente e revista sua carteira, a roupa, celular e e-mails à procura de provas de infidelidade;
  • Telefona para ele  várias vezes ao dia para o trabalho, apenas para o controlar.

Leia também:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.