Chocolate dá espinha?

Dermatologista fala sobre o consumo de chocolate e seus efeitos

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/08/2014 às 08:53
Atualizado às 21:04

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem não AMA chocolate?? É uma delícia e a gente tem mesmo que aproveitar! Porém, há quem diga que essa delícia enche o rosto das tão indesejadas espinhas. Se é mito ou verdade, a gente não sabe, mas essa e muitas outras dúvidas foram esclarecidas pela dermatologista Annia Cordeiro Lourenço. Confira!

Chocolate dá espinha?

Foto: Thinkstock/Getty Images

Chocolate dá espinha?

Segundo a dermatologista, antigamente poderia se dizer que a afirmação seria um mito. Porém, hoje em dia, a resposta correta é “depende!”. O equívoco acontece porque as pessoas interpretam que a gordura que comemos no chocolate vai direto para a pele e promove a acne, quando na verdade, o que ocorre é que o açúcar e o leite presentes nele estimulam a produção de insulina e a ação dos receptores hormonais da pele, resultando em um mal funcionamento das glândulas sebáceas. Quando o sebo produzido se acumula dentro do poro, então acontece a proliferação da bactéria causadora das espinhas. Portanto, a ingestão acentuada de chocolate dá, sim, espinhas, mas de forma indireta.

Vale lembrar que tanto os chocolates light quanto diet podem causar o mesmo efeito se houver leite na formulação.

O que fazer quando as espinhas aparecerem?

“Em casa, o mais importante é não espremer e apenas usar um gel secativo. Nas clínicas de dermatologia, a indicação é o ácido salicílico em altas concentrações, que pode ser infiltrado nas lesões profundas”, afirma a Dr. Annia.

Mexer e secar as espinhas por conta própria pode parecer bastante atraente, mas ao fazer isso, você pode garantir algumas marcas bastante difíceis de serem suavizadas mais tarde em seu rosto, além de correr o risco de ficar toda vermelha e com a pele inflamada.  Ou seja, melhor não né?

Mantenha a pele em dia

Quem tem pele oleosa não pode utilizar os mesmos produtos de beleza que a maioria das pessoas. Tanto a maquiagem quanto o protetor solar devem ser oil free, que ajudam a prevenir a acne. Uma boa limpeza antes de dormir também é fundamental.

Após grandes ingestões, então, esse cuidado deve ser redobrado para não piorar os efeitos do chocolate ingerido. Mantenha a higienização correta, use os produtos adequados e normalize a dieta. “Caso a acne não retroceda em alguns dias, procure um dermatologista para uma orientação mais detalhada”, aconselha a doutora.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.