ESTILO DE VIDA

Chega de bagunça: como a organização pode te ajudar na dieta?

Veja como a bagunça do dia a dia pode atrapalhar a sua dieta e comece agora mesmo a praticar a organização para vencer de vez a luta contra a balança!

None
5. Seja pontual e organize seu tempo. A pontualidade pode ser complicada para algumas pessoas, mas é excelente para evitar o estresse e a ansiedade. Por exemplo, se você já se encontra em um quadro de ansiedade, está atrasado e vê que não conseguirá che...

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/03/2017 às 19:18
Atualizado às 11:06

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando se está numa dieta, a organização pode ser uma grande aliada. Mas, segundo a personal organizer Natalia Zanardi Ortiz, instrutora da OZ! Organize Sua Vida, a proposta vai muito além de seguir horários e fazer refeições regradas dentro de um cardápio, ou mesmo manter a despensa em ordem e não cometer excessos aos finais de semana. Trata-se de uma postura mental que pode te levar definitivamente ao sucesso com a balança. Confira as três principais dicas para manter a organização na dieta:

Mulher e relógio

Foto: Shutterstock.com

Aceite a mudança

Tudo começa pela organização da mente e aceitação. “O nutricionista indica os procedimentos, mas é a própria pessoa que precisa manter a organização e ser disciplinada, incorporar o hábito de organizar. Assim, ela não boicotará o compromisso que assumirá com a balança, com o próprio corpo”, ressalta a personal organizer. Renata Migueis, nutricionista do Vigilantes do Peso, completa: “A rotina e os costumes, quando estão alinhados com os objetivos, ajudam na motivação e na sustentação das metas”. Mas, para isso, é preciso considerar quais são os seus objetivos e ter a certeza de que só depende de você para alcançá-los. “Não adianta tentar emagrecer pelas exigências externas ou porque tem um casamento para ir daqui a dois meses. Comportamento e atitudes só são transformados quando visualizamos a real finalidade da mudança no nosso dia a dia, ou seja, quando vemos vantagens e aplicabilidade no nosso cotidiano”, pontua Renata Casemiro, psicóloga do Vigilantes do Peso.

Foque na qualidade

Onde estão depositadas as suas expectativas com a balança? Segundo Natalia Zanardi Ortiz, ao criar procedimentos para chegar a um objetivo, é preciso esquecer o imediatismo e focar na qualidade do que se faz. “Aquele que quer tudo rápido é o que mais demora para chegar aonde quer”, considera. “Para que a conquista do peso ideal seja sustentável e duradoura, ela não deve ser rápida e imediata, pois a perda de peso envolve muito mais do que o emagrecimento: o corpo precisa se adaptar ao novo peso e ajustar processos fisiológicos, e é preciso que o indivíduo mude hábitos e adapte rotinas – tudo isso requer tempo e conscientização”, enfatiza Renata Migueis. Portanto, valorize as pequenas conquistas e não apenas a redução dos números na balança.

Organização do tempo

Você já deve ter ouvido falar que pular refeições engorda. Mas sabia que comer de forma apressada também? E o mesmo acontece se você se alimentar na frente da TV e investir em lanches calóricos ou comidas industrializadas porque não deu tempo de preparar ou não se organizou para o supermercado. Até mesmo deixar a despensa desorganizada, manter roupas “largas” no armário e não dedicar um tempo a si mesma podem resultar no ganho de peso. A nutricionista Karina Gouvêa dá a dica: “Primeiro você precisa fazer um cardápio para a sua casa, com todas as refeições que serão feitas. Então, será capaz de montar uma lista de compras realmente funcional”. Além disso, quando for ao supermercado, leve a lista e não vá com fome ou com pressa. “Isso faz com que você vá com foco no que precisa e quer comprar, sem deixar que outros fatores lhe atrapalhem na hora de decidir o que colocar no carrinho”, lembra. E, considerando que o peso é somente uma das medidas que existe na vida, fica mais fácil chegar às metas traçadas quando tudo ao redor também está em ordem. Segundo a psicóloga Renata Casemiro, estar de bem com a vida nos mais diversos setores contribui para um emagrecimento eficaz. “Quando nos olhamos e nos cuidamos, a paz com a balança tende a vir de uma forma mais natural, já que conseguimos organizar não só o prato, mas se dar o prazer de assistir à novela predileta ou brincar com os filhos”, reflete

Consultoria: Karina Gouvêa, nutricionista especialista em obesidade e emagrecimento de Vitória (ES); Natalia Zanardi Ortiz, personal organizer e instrutora da OZ! Organize Sua Vida; Renata Casemiro, psicóloga do Vigilantes do Peso e Renata Migueis, nutricionista do Vigilantes do Peso

LEIA TAMBÉM