ESTILO DE VIDA

Cérebro infantil: entenda como ele se desenvolve

Saiba definitivamente como o cérebro infantil se forma e ainda como esse órgão se desenvolve até atingir sua plena maturidade

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/09/2016 às 19:26
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Como se desenvolve o cérebro de uma pessoa tão pequena? E, a partir disso, o que fazer para estimular o aprendizado e garantir que o desenvolvimento neurológico seja o melhor possível? Essas dúvidas perseguem pais e mães, já que uma questão está intimamente ligada à outra.

Cérebro infantil: entenda como ele se desenvolve

FOTO: Shutterstock.com

Formação do cérebro infantil

As questões são válidas, especialmente para pais que desejam descobrir a melhor forma de educar seus filhos. Porém, nem sempre as respostas são simples.

“A formação do cérebro começa já nas primeiras semanas de gestação, e é nessa fase que se origina o tubo neural, que dará origem ao cérebro. Esse processo é extremamente complexo e exige a sincronia de várias etapas, além da formação de muitas diferentes estruturas”, explica o neurologista Fábio Sawada Shiba. A estrutura básica termina de se formar na 24ª semana de gestação, mas o cérebro se desenvolve até o final da adolescência. No entanto, ele continuará se adaptando a novos estímulos até o fim da vida.

Depois do nascimento, há um período crítico no desenvolvimento que dura até os dois anos. Especialmente nessa fase, maus tratos ou falta de cuidados podem afetar negativamente a formação do sistema nervoso central. Nessa época, o cérebro também pode ser prejudicado por doenças e malformações de origem genética, deficiências nutricionais, intoxicações, traumatismos cranianos e infecções no sistema nervoso central.

Leia mais:

Descubra como estimular a concentração infantil

Como incentivar o interesse das crianças no aprendizado
Texto: Larissa Tomazini – Edição: Victor Santos

Consultorias: Christyano Malta, Head Master Coach da Casa Coaching; Fábio Sawada Shiba, neurologista; Jô Furlan, psiquiatra; Solange Jacob, pesquisadora em processos cognitivos pela Universidade Europeia Miguel de Cervantes, de Valladolid, na Espanha.