Você sabe quais são as causas da sarcopenia? Descubra aqui

Doença muito comum em pessoas da terceira idade, o distúrbio é desencadeado pela perda da massa muscular. Conheça as causas da sarcopenia

None
Saiba quais são algumas das causas da sarcopenia. FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/12/2017 às 17:00
Atualizado às 17:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nem sempre as quedas na terceira idade podem representar um simples descuido, muitas vezes pode estar ligada a um distúrbio causado pela idade. A perda de massa muscular é uma das principais causas da sarcopenia, é um acontecimento que inicia aos 30 anos e é comum após os 50 anos de idade, devido à redução de hormônios como estrogênio e testosterona, havendo uma diminuição das fibras musculares, da força, do equilíbrio e do desempenho físico para realizar atividades, como caminhar, subir escadas ou se levantar da cama.

De acordo com o nutrólogo Máximo Asinelli, do Hospital de Medicina e Cirurgia do Paraná e da Asinelli Clínicas, “as causas da sarcopenia são multifatoriais. Pode ser considerado como declínio neurológico, obesidade, alterações hormonais, ativação da via inflamatória (causada por reumatismo, por exemplo), diminuição da atividade física, doenças crônicas como o diabetes, infiltração gordurosa e má nutrição”, alerta. Todos estes fatores são mostrados como contribuintes.

É recomendado que o idoso pratique exercícios de fortalecimento muscular. FOTO: Shutterstock

É recomendado que o idoso pratique exercícios de fortalecimento muscular. FOTO: Shutterstock

“A sarcopenia do idoso pode ser causada por alterações hormonais e fisiológicas do próprio envelhecimento, por doenças que ocorrem frequentemente na velhice, mas também está associada ao sedentarismo e à má alimentação”, pontua Asinelli.

“O tratamento da doença envolve exercícios de resistência, conforme as condições físicas de cada paciente, e uma dieta orientada com suplementação de proteína”, destaca o médico. O tratamento é a longo prazo, podendo durar meses ou anos, e geralmente implica uma mudança de estilo de vida. “Em alguns casos, quando a sarcopenia está em estágios mais avançados, o tratamento pode incluir também o uso de anabolizantes com acompanhamento especializado”, finaliza.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Máximo Asinelli, nutrólogo do Hospital de Medicina e Cirurgia do Paraná e da Asinelli Clínicas

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.