Castanhas: entenda por que é importante consumir

Saiba quais são os nutrientes que se encontra nas deliciosas castanhas e entenda o motivo por que ela faz tão bem a saúde

None
FOTO: Istock

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/11/2016 às 13:42
Atualizado às 11:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

“Os antioxidantes são substâncias que retardam a velocidade da oxidação nas células e a formação de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento do organismo e pelo surgimento de doenças”, explica a nutricionista Greice Caroline Baggio. E mais uma vez, são eles os responsáveis por deixar o cérebro “tinindo”. As castanhas contêm alguns desses nutrientes. Confira:

castanhas do pará

FOTO: Istock

  • Vitamina E: retarda o envelhecimento precoce, previne problemas cardíacos e repara danos musculares.
  • Vitaminas do complexo B:A B1 (tiamina) atua no metabolismo dos carboidratos e gorduras, sendo essencial para a liberação de energia. Participa da síntese dos genes e na transmissão de impulsos nervosos. Por estar associada à saúde do sistema nervoso e do cérebro, é importante para melhorar a capacidade de aprendizado”, conta a nutricionista Lilian Speziali. As vitaminas B6 e B12 atuam na síntese de neurotransmissores e também influenciam no desempenho cognitivo.
  •  Zinco: segundo estudo da Duke University, nos Estados Unidos, regula a comunicação entre as células no cérebro, possivelmente controlando a formação de memórias. O mineral age no hipocampo, onde os processos de aprendizagem e memória acontecem. A interrupção da comunicação pode contribuir para a ocorrência de epilepsia.
  •  Selênio: evita o envelhecimento do cérebro e fortalece o sistema imunológico. Pesquisas sugerem sua influência no controle do humor e da ansiedade

Consuma sempre

O ideal é ingerir 2 unidades por dia das castanhas maiores. Segundo pesquisa da universidade da Nova Zelândia, comer duas unidades por dia de castanha-do-pará é suficiente na missão de combater os radicais livres. Para as oleaginosas menores, como pistache e amendoim um 1 colher de sopa  ao dia é o suficiente.

LEIA MAIS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.