Qual a melhor forma de levar o cão para passear de carro?

Confira dicas para levar seu cão para passear de carro em segurança e garantir a diversão dele e de toda a família no trajeto até o local da programação

None
Os cães no carro se divertem, mas é preciso se atentar às medidas de segurança para transportá-lo (Foto: Pixabay Images)

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/12/2017 às 12:01
Atualizado às 13:49

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Cães e gatos não devem ficar soltos no carro, nem com o focinho ao vento! Deixá-los sem proteção não implica somente em multas e pontos na carteira de habilitação, mas um perigo para o bem-estar e saúde deles. “Quando ficam soltos, além de tirar a atenção do motorista, eles podem se machucar em freadas bruscas e, caso as janelas estejam abertas, pular com o veículo em movimento. Sem contar que o hábito de ficar com o focinho na janela ao vento pode provocar inflamação do ouvido”, alerta a veterinária Gislaine Mattos. Por isso, ela separou algumas dicas para você e seu cãozinho aproveitarem os programas neste verão com segurança.

O que é correto

Para manter o pet em segurança no carro, as melhores opções são as caixa de transporte, as cadeirinhas e o cinto de segurança, vendidos nos pet shops.

Em relação às caixas, é importante que sejam arejadas, permitam que o animal possa rodar em torno do próprio eixo para ficar confortável e não estejam soltas no interior de veículo. “O ideal é que as caixas sejam presas ao cinto do carro ou fiquem no chão para que não se desloquem durante os trajetos”.

De olho na janela

As cadeirinhas e os cintos de segurança permitem ao pet aproveitar o passeio. É possível mantê-los mais altos para que possam observar pela janela. “Porém, nem todos se dão bem na cadeirinha, principalmente gatos mais velhos, que não foram acostumados desde filhotes. É preciso contar com a paciência para deixá-los à vontade, treinando-os aos poucos para se acostumarem com a novidade”, avalia a veterinária.

VEJA TAMBÉM:

Consultoria: Gislaine Mattos, veterinária do Centro Veterinário Pet Center Marginal/Petz, no Pacaembu, em São Paulo.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.