ESTILO DE VIDA

Câncer de mama: diagnóstico tardio é maior em mulheres jovens

Sabia que o câncer de mama é diagnosticado tardiamente em mulheres mais jovens? Isso mostra que o cuidado é essencial em todas as faixas etárias.

None
FOTO: PureStock e Diomedia

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/08/2016 às 18:58
Atualizado às 21:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Embora a recomendação médica para realização da mamografia, seja, na maioria dos casos, acima dos 50 anos, a mais alta taxa de diagnóstico tardio do câncer de mama ocorre em pacientes jovens, até 39 anos, de acordo com um levantamento feito pelo instituto A. C. Camargo Cancer Center, um dos maiores centros oncológicos do Brasil.

 cancer-de-mama-em-mulheres-jovens

FOTO: Purestock e Diomedia

Saiba mais!

Dicas importantes para prevenir tumores

3 alimentos cancerígenos que podem estar na sua mesa

Quando a doença ataca as crianças

Descoberta científica

O Instituto acompanhou por cinco anos quase seis mil pacientes e, com a pesquisa, constatou que 34,8% das mulheres com até 39 anos recebeu o diagnóstico nos níveis mais avançados da doença: estágios 3 e 4. Na faixa etária dos 40 aos 49 anos, a taxa de diagnóstico tardio cai para 24,5%. O grupo entre 50 e 64 anos tem a menor taxa de detecção tardia: 22,8%. Entre as pacientes com mais de 65 anos, o índice volta a crescer e chega a 27,9%.

Dados adicionais

O levantamento mostrou ainda que a taxa de sobrevivência de mulheres com câncer em estágios 1 e 2 é de cerca de 90% para qualquer faixa etária. No estágio 3, a taxa varia de 56% a 77%. No grau mais avançado da doença, o estágio 4, a sobrevida em cinco anos pode chegar a 40%.