Câncer da tireoide: quais as principais causas e tratamentos?

A incidência do câncer da tireoide está crescendo e, por isso, descobrir suas causas e formas de tratamento é essencial para a saúde do paciente.

None
O câncer da tireoide pode ser detectado com a realização de exames específicos. FOTO iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/12/2017 às 13:13
Atualizado às 13:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Sabia que em 2016, o INCA – Instituto Nacional deCâncer – registrou mais de 500 mil novos casos decâncer em nosso país, sendo que cerca de 6 mil foram de câncer da tireoide? Ainda segundo a instituição, 84% dos casos de câncer da tireoide serão em mulheres, um número cinco vezes maior do que o estimado em homens (5.870 casos nas mulheres e 1.090 em homens). 

“Esse número representa pouco diante da incidência de outros tipos decâncer, mas já é o suficiente para prestarmos atenção a um problema que, muitas vezes, passa despercebido pela maioria das pessoas, principalmente das mulheres”, diz o cirurgião de cabeça e pescoço do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Erivelto Volpi. O especialista diz ainda que esse tipo decâncer já é o quinto mais frequente no sexo feminino, sendo o maior risco de incidência na fase reprodutiva. “É importante ressaltar que, embora seja mais frequente nas mulheres, a doença afeta também os homens, sendo o 17º mais prevalente entre o sexo masculino”.

É preciso ficar atento aos sinais da doença e procurar um médico assim que perceber algo estranho.

É preciso ficar atento aos sinais da doença e procurar um médico assim que perceber algo estranho. FOTO Shutterstock

Quais as principais causas do câncer da tireoide?

Dentre os fatores de risco para esse tipo decâncer estão o histórico familiar e a exposição à radiação. Na última década, a incidência docâncer da tireoide em todo o mundo cresceu 10% em todas as faixas etárias. Segundo Volpi, o fato se deve ao maior acesso ao diagnóstico.

Porém, o especialista diz que há estudos recentes sobre diruptores endócrinos – substâncias químicas que interferem no sistema hormonal, alterando a forma natural de comunicação do sistema endócrino -, e que podem ser uma das causas do aumento da incidência do câncer da tireoide.

A prevalência do câncer da tireoide é menor nos homens, mas também merece atenção.

A prevalência do câncer da tireoide é menor nos homens, mas também merece atenção. FOTO Shutterstock

Existe tratamento?

A boa notícia é que se diagnosticado precocemente, as possibilidades de cura aumentam. No entanto, cerca de 60% dos pacientes com câncer da tireoiderecebe o diagnóstico já em estágio avançado, porque, muitas vezes, os sintomas acabam passando despercebidos ou confundidos com outros problemas de saúde.

A cirurgia para a remoção dos nódulos anormais (tireoidectomia) é a principal forma de tratamento. Após a cirurgia, o paciente passa a tomar hormônios para substituir os que não podem mais ser produzidos pela tireoide e, dependendo da avaliação médica, o tratamento é estendido com terapias contendo iodo radioativo.

Consultoria Erivelto Volpi, cirurgião de cabeça e pescoço do Hospital Alemão Oswaldo Cruz

LEIA TAMBÉM:

TAGS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.