Caminhadas rápidas: estudo aponta a efetividade da prática para a saúde!

As caminhadas rápidas podem ser muito eficazes na hora de melhorar o condicionamento e conquistar mais saúde. Conheça quais são os benefícios desta prática

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/05/2017 às 09:00
Atualizado às 11:07

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os exercícios são ótimos expoentes quando o assunto é perder peso e melhorar a qualidade de vida. Muitos apostam na musculação e se esquecem que existem outras práticas que podem ser eficientes. Um estudo realizado na London School of Economics, por exemplo, comparou praticantes de caminhadas de 30 minutos com outras pessoas que realizaram atividades como futebol e natação. O resultado foi surpreendente: os pacientes perderam mais gordura abdominal com as caminhadas rápidas do que com outros treinos. Conheça algumas dicas para otimizar esse exercício:

Boa aposta

A pesquisa indicou que as caminhadas rápidas de pelo menos 30 minutos – quando feitas com regularidade – ajudam o organismo a queimar as gorduras localizadas no abdome e diminuir os níveis do Índice de Massa Corporal (IMC). O exercício, que tem como grande trunfo melhorar o sistema cardiovascular e o respiratório, teve resultados superiores aos obtidos com a prática da musculação, natação e futebol, sendo ainda mais evidentes para as mulheres e quem possui idade superior a 50 anos.

Benefícios evidentes

Qualquer prática de atividade física faz com que o organismo produza endorfina, uma substância química utilizada pelo cérebro para criar a sensação de prazer. O condicionamento físico adquirido com a caminhada também é importante para o dia a dia, reduzindo o cansaço e a falta de disposição que pode surgir com a rotina. O exercício também pode ser uma boa hora para reunir os amigos e relaxar, aliviando o estresse acumulado.

Texto: Edgard Vicentini/Colaborador | Fonte: LSE

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.