Beba café para proteger o coração e prevenir tumores!

Difícil encontrar alguém que não goste de um café passado logo cedo, não é mesmo? Sabia que além de gostoso ele ainda pode prevenir o câncer? Confira!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/01/2017 às 13:24
Atualizado às 13:03

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O café é a bebida mais rica em cafeína (substância termogênica) que existe. Ele estimula o metabolismo, favorece o emagrecimento e o trabalho do cérebro, além de proteger contra doenças do coração! Também tem ação antioxidante e é rico em minerais. A melhor forma de consumir a bebida é tomando o café sem açúcar, pois expressos e incrementados, como cappuccino, são mais calóricos. Com sabor marcante, ele traz inúmeros benefícios à saúde. Confira!

cafe-combate-ao-cancer

Foto: iStock.com/Getty Images

O grão do bem

Apesar de tanta popularidade, muitas pessoas ainda têm receio de tomar café por causa dos rumores que o cercam. A professora de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi (SP), Silvana Vertematti, explica que a bebida não causa insuficiência cardíaca, distúrbio que impede o coração de bombear a quantidade de sangue necessária para o resto do corpo. “Em estudo publicado na Circulation, uma revista de grande reconhecimento científico nos Estados Unidos, o consumo de quatro xícaras de café por dia diminuiu em até 11% as chances de sofrer insuficiência cardíaca”, ressalta a profissional.

A nutricionista Gisele Venturoso também esclarece que há trabalhos relacionando o consumo de cafeína à proteção contra diabetes e hipertensão – dois fatores associados à disfunção cardíaca. Ela conclui que evitar esses dois problemas já seria um grande avanço para se diminuir as chances de a doença progredir.

Cafezinho poderoso

Até hoje nada foi comprovado sobre a existência de um tipo de câncer causado pela ingestão de café. Pelo contrário. Suas substâncias foram relacionadas como agentes protetores do organismo e anticâncer. Veja as pesquisas:

  • Câncer de próstata: segundo um estudo feito na Escola Pública de Harvard, nos Estados Unidos, homens que bebem seis ou mais xícaras de café por dia reduzem em 60% o risco de desenvolver um tipo letal de câncer de próstata em relação aos que não consomem a bebida. Aqueles que bebem de uma a três xícaras diminuem em até 30% de chances de desenvolver a doença. Segundo os estudiosos, as substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias presentes no café são as responsáveis por esse feito. A pesquisa acompanhou 47.911 voluntários que informaram sobre seus hábitos de consumo de café de 1996 a 2008. Dentre eles, 5.035 desenvolveram câncer de próstata, sendo 642 casos letais.
  • Câncer de pele: a ingestão diária de café com cafeína reduz os riscos de surgimento de carcinoma basocelular, o tipo mais comum e agressivo de câncer de pele. A pesquisa foi feita pela Universidade de Harvard e analisou dados de 112.897 pessoas, das quais 22.786 desenvolveram o câncer de pele. O estudo também considera eficaz outras bebidas que possuem cafeína, como os chás. No entanto, o café descafeinado não foi associado à redução dos riscos. Os resultados foram publicados no periódico Cancer Research.
  • Câncer de mama: segundo um estudo feito na Universidade de Lund, na Suécia, o consumo de café pode diminuir o crescimento e a reincidência de câncer de mama em até 50%. Foram coletados dados clínicos de 1.090 mulheres diagnosticadas com a doença e que eram medicadas com tamoxifeno – medicamento utilizado no tratamento desse tipo de câncer. Cerca de 500 mulheres beberam, pelo menos, duas xícaras de café por dia e tiveram diminuídos em 50% o risco de recorrência de câncer de mama em comparação às mulheres que não beberam café, ou beberam menos de uma xícara. Os pesquisadores apontaram a cafeína e o ácido cafeico como as substâncias responsáveis pela redução da divisão e morte das células.

Texto: Redação Alto Astral

Consultoria: Gisele Venturoso, nutricionista; Silvana Vertematti, cardiopediatra

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.