Boca ressecada? Veja 7 dicas para acabar com esse mal

Está cansada de ficar com a boca ressecada todo santo dia e às vezes sem nenhum motivo? Veja nossas dicas para acabar com esse mal e manter a saúde bocal

None
Foto: Divulgação

por Vítor Ferreira
Publicado em 21/10/2016 às 14:30
Atualizado às 11:46

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A saúde bucal é essencial para que o resto do organismo flua de maneira eficaz e produtiva. Uma vez que é com a saliva que tem início a digestão do alimento, umedecendo-o e, assim, aumentando e facilitando sua área de absorção. Além disso, ela também previne a infecção ao controlar bactérias e fungos, limpando a região. Porém, quando o corpo não produz a quantidade necessária de saliva, essa cavidade torna-se seca e desconfortável.

boca-ressecada

Foto: Divulgação

Os motivos são diversos, como: efeito colateral de certos medicamentos, doenças e infecções, lesões de nervos, desidratação, hábitos nocivos, poluição, falta de higiene, entre outros. Esse problema ainda pode prejudicar e gerar novos males, como gengivite e aftas. Felizmente, existem vários tratamentos competentes e naturais para acabar com a boca ressecada.

Veja algumas dicas que separamos para você:

1. Respirar mais pelo nariz do que pela boca

respirar-nariz

Foto: Divulgação

Muitas vezes respiramos pela boca sem perceber, involuntariamente. Isso, além de ser prejudicial para a saúde, pois permite que diversas bactérias entre no nosso organismo sem a proteção e filtragem necessária, ainda resseca a cavidade, tirando sua umidade, deixando os lábios com marcas profundas de rachadura. Em alguns casos, há a necessidade da consulta com um fonoaudiólogo para que haja uma reeducação da maneira como respiramos, corrigindo através de exercícios.

2. Beber bastante água

Já percebeu que a água está sempre presente na solução de diversos problemas? Esse elemento milagroso também auxilia na hora de acabar com a boca seca. Sua finalidade nesse caso é um tanto quanto óbvia, uma vez que irá umedecer a região diretamente. Muitas adversidades surgem pela falta de hidratação e não necessariamente por complicações de saúde. Por isso, beba esse líquido com maior frequência, ao menos um copo a cada 2 horas, e você rapidamente irá observar a diferença e melhoria na sua rotina.

3. Chupar ou comer doces sem açúcar

doce sem açucar

Foto: Divulgação

Os movimentos de mastigação que realizamos quando algum alimento entra na nossa boca incentiva e aumenta a produção de saliva. Porém, quando chupamos algum doce que contenha açúcar, como balas e pirulitos, esse componente agirá como uma esponja, absorvendo o líquido e deixando a região sequinha. Assim, o ideal nessas ocasiões é mascar aquele chiclete que não possua esse elemento, instigando a produção de saliva.

4. Usar um umidificador

Os lábios são altamente vascularizados, de camada fina e estão em contato direto com as agressões do meio ambiente, como a poluição. Então, umas das maneiras de deixá-los mais molhados é umedecer o ar do ambiente em que você se encontra. Por isso, que tal comprar um aparelho que faça essa função? O ideal é usarmos durante à noite, quando vamos dormir, já que é nesse período que ocorrem as maiores incidências, por não movimentarmos a região.

5. Dieta mais saudável

mulher-comendo-um-pote-cheio-de-salada

Foto: Divulgação

Comer coisas saudáveis faz bem para qualquer organismo. Uma alimentação bem balanceada ajuda a manter o equilíbrio do nosso corpo, incluindo a quantidade de saliva que será produzida e sua acidez. Não é necessário seguir nenhuma dieta rigorosa: o importante é combinar da melhor forma possível seus desejos com uma vida mais sadia. 

6. Substituto de saliva

Por incrível que pareça, sim, existe esse produto em diversas farmácias e estabelecimentos especializados. Quando o nosso organismo tem problemas para produzir a quantidade necessária de saliva devemos consultar um profissional que entenda do caso e indique o melhor tratamento e remédios a serem utilizados. Alguns aconselham a aplicação de uma substância artificial que apresenta componentes semelhantes a da nossa saliva, agindo de maneira eficaz na execução de suas funções.

7. Proteger os dentes com flúor e consultar seu dentista

proteger-dentes

Foto: Divulgação

Caso o ressecamento da sua boca seja intenso e constante é recomendável que você vá a um médico ou dentista o quanto antes. Muitas vezes deixamos de lado a proteção com flúor que deve ser aplicada nos dentes com periodicidade. Sua importância está na segurança da boca contra germes e bactérias que podem danificar a região com diversas problemas, como gengivite e secura. Além de hidratar, o tratamento deixará seu sorriso muito mais bonito e branco, e seus lábios bem mais vistosos. 

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.