Os benefícios da tapioca para a dieta e para a saúde

Ela se transformou na queridinha de quem deseja emagrecer e, ainda, faz parte do cardápio de quem sofre de intolerância ao glúten

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/03/2016 às 08:00
Atualizado às 12:21

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Muito consumida nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, a tapioca invadiu o cardápio dos mais variados restaurantes de todo o país e, de quebra, conquistou espaço na mesa das pessoas – principalmente no café da manhã. Sua fama deve-se à ausência de glúten, substância que pode causar intolerância em alguns indivíduos e que, em determinados casos, dificulta a perda de peso. “A tapioca, com certeza, é bem mais leve e tem metade das calorias do pão francês, somente 70 calorias em uma unidade média, feita com 2 colheres (sopa) da goma“, destaca a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki.

Os benefícios da tapioca para a dieta e para a saúde

Foto: Shutterstock

Ótima para a dieta

Muito mais do que inovar nas receitas, a tapioca também é uma ótima opção para quem deseja fazer as pazes com a balança, sabia? Isso acontece porque, diferentemente do pão francês e do biscoito, por exemplo, a tapioca é um alimento feito com um único ingrediente: a fécula de mandioca, não apresentando gordura, glúten ou sódio em sua composição. Além disso, existe mais uma vantagem para aquelas pessoas que desejam emagrecer: não é preciso utilizar óleo no preparo da tapioca, reduzindo o consumo de calorias diárias. Outro benefício é que os ingredientes usados como recheios são bastante versáteis, contribuindo para a diminuição calórica e para a saúde (opte por ricota, cenoura, frango desfiado e outros alimentos sem alto teor de gordura).

Opção para celíacos

Por ter se tornado mais popular atualmente, esse alimento é uma boa opção para os celíacos (justamente por não ter o glúten em sua composição). “Estima-se que 1% da população mundial tenha doença celíaca, causada por uma reação alérgica grave ao glúten; já outros 10% da população podem apresentar reações do sistema imunológico intestinal por causa dele“, comenta a médica ortomolecular Luciana Granja.

SAIBA MAIS

Panqueca de tapioca
Cuscuz de tapioca com calda de coco
Bom-bocado de tapioca
Tapioca de leite condensado com coco

Ótima para o pré-treino!

Além de não apresentar gordura, conservantes e glúten em sua composição, a tapioca ainda é uma ótima fonte de carboidratos, contribuindo com a prática de atividades físicas. “Seu principal nutriente é o carboidrato, apresentando 16g em 2 colheres (sopa), que oferece energia para quem costuma se exercitar com frequência“, explica a nutricionista funcional com especialização em nutrição hospitalar e fisiologia do exercício, Christiane Bergamasco.

Atenção!

Algumas pessoas podem apresentar problemas após o consumo da tapioca, por isso é bom consultar um nutricionista antes de montar o cardápio.

Diabéticos: devem ter cautela ao consumo! Devido à baixa quantidade de fibras, a absorção do carboidrato é rápida e pode elevar a glicemia em pouco tempo. O indicado é o acréscimo de fibras, como as sementes (chia, linhaça, gergelim), aveia ou frutas.

Uso para perder peso: “Isso depende do horário de consumo (café da manhã, pré ou pós-treino) e do tipo de recheio utilizado, assim como também é importante avaliar as necessidades individuais“, comenta Christiane. Dessa forma, pessoas que querem emagrecer não devem consumir mais do que 2 a 3 colheres (sopa) da goma por dia.

Consultoria: Christiane Bergamasco, nutricionista funcional com especialização em nutrição hospitalar e fisiologia do exercício; Luciana Granja, médica ortomolecular; Tamara Mazaracki, nutróloga e médica ortomolecular.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.