Hortelã: combate resfriados, gripes e até má digestão

Famosa na culinária e no tratamento de doenças simples, o hortelã garante muitos outro benefícios à saúde como vermífugo e repositor hormonal

None
FOTO: Istock

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/11/2016 às 17:06
Atualizado às 11:56

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Com aroma suave e sabor refrescante, a hortelã (Mentha piperita) foi incorporada ao dia a dia como tempero e remédio caseiro para problemas de saúde sem gravidade. Os óleos essenciais da erva, ricos em mentol e carvona, e os flavonoides (apigenina, rutina e luteolina) garantem suas reconhecidas propriedades medicinais.

folhas de hortelã

FOTO: Istock

Serve para quê?

Ela é recomendada como antisséptica, expectorante, antimicrobiana, antifúngica, antiviral, anestésica, antialérgica, antioxidante, para dores reumáticas e nevralgias. Antigripal, expectorante e fluidificante, o chá feito com suas folhas é eficiente no combate a resfriados, febres e na eliminação do catarro. Anti-inflamatória, ajuda no tratamento de problemas na garganta. Em casos de sinusite e bronquite, a inalação de seu óleo desobstrui as vias aéreas.

Bom funcionamento

Como tônico e estimulante, a erva combate a má digestão, estimula o processamento da gordura ingerida nas refeições e ajuda na eliminação de gases, acabando com as cólicas intestinais e biliares. Ela também elimina o excesso de líquidos retidos pelo organismo, ajudando na redução de inchaços.

Cabeça e pele nota 10!

A hortelã também tem ação depurativa e ameniza erupções na pele. Por aumentar o fluxo de sangue no cérebro, melhora o desempenho desse órgão e a capacidade de concentração e memorização.

Saúde da mulher

Dependendo da quantidade (que deve ser prescrita por um especialista), também apresenta papel importante na reposição hormonal feminina e redução dos calores da menopausa.

Limpeza geral

Pesquisadores da Universidade Federal de Brasília (UNB) descobriram que a erva contém óxido de piperitenona, substância que age como vermífugo.

Indicada para:

  •  gripe e resfriado
  •  expectorar catarro
  •  febre
  •  asma e bronquite
  •  melhorar a circulação
  • cólicas intestinais
  •  eliminar excesso de líquidos
  •  gases
  •  melhorar a atividade cerebral
  •  sinusite
  •  ansiedade e nervosismo
  • insônia
  • mau hálito

Contraindicações: não deve ser ingerido por gestantes, crianças, bebês, portadores de úlcera e gastrite ou pessoas com sudorese excessiva e enxaqueca crônica

LEIA TAMBÉM:

Redação Alto Astral

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.